A Importância dos Testes A/B em E-commerce

Sumário

Posts relacionados

A Importância dos Testes A/B em E-commerce

A Importância dos Testes A/B em E-commerce

O teste A/B no e-commerce é um tipo de estratégia para quando queremos entender o comportamento do consumidor que acessa um site de e-commerce. Mesmo que esta seja usada para escolher o público, ou até criar a persona, os testes A/B também ajudam a alcançar outros objetivos.

Pela lógica, os testes são feitos com dados reais. Isso ajuda o negócio na hora de construir um público, pois você sabe as preferências dos visitantes. Assim fica mais fácil de montar novas estratégias de venda, anúncios, divulgações, otimizar o site, etc. Portanto, saiba que fazer testes te prepara para sempre melhorar seu site. Confira tudo sobre a importância do teste A/B agora!

O que é o teste A/B no e-commerce?

Os testes A/B no e-commerce é uma estratégia para converter clientes com base em dados e estudos de comportamento. Muitas vezes está relacionado a uma estratégia de marketing para a empresa saber qual ação teve o melhor resultado. Seja para vender produtos ou serviços, um teste A/B apresenta respostas dos usuários interessados numa compra.

O que é o teste A/B no e-commerce?
Fonte/Reprodução: original.

Para entender melhor e aplicar, um teste A/B no e-commerce funciona, basicamente, como duas versões de divulgação: uma A e outra B, ou seja, duas páginas, por exemplo, usadas para falar de um mesmo produto ou explicando a prestação de serviço. Quando você lança as duas versões, é possível entender as preferências do público, pois uma parte irá clicar e interagir mais em uma página do que a outra.

Importância do teste A/B no e-commerce

Um teste A/B é importante para te indicar se uma página lançada teve sucesso de visitas e conversões, mostrando o nível de acessos de ambas as páginas. Com dados de interações gerais, como a quantidade de cliques que um link recebeu em relação a sua segunda versão. O formato de Landing Page é o melhor exemplo do teste A/B no e-commerce, mas você pode analisar resultados em variações do site principal também.

Importância do teste A/B no e-commerce
Fonte/Reprodução: original.

Muitos e-commerces podem estar com altas taxas de rejeição ou não estarem conseguindo atingir seus objetivos por não saberem o que os consumidores querem. A falta de uma estratégia embasada afeta o comércio. O teste A/B no e-commerce te mostra resultados e o caminho a seguir. 

Vantagens do teste A/B no e-commerce

Ao poder contar com resultados assim, uma empresa lida com números reais para provarem uma ideia como boa ou ruim, saber o que funciona e o que deve ser mudado, afinal, um e-commerce recebe tráfegos variados e fica difícil saber como o visitante se comporta sem uma estratégia. As vantagens do teste A/B no e-commerce são:

Reduz as taxas de rejeição

Usar o teste A/B no e-commerce é uma forma de encontrar alguns problemas quanto ao desempenho do site que podem estar “afastando” os consumidores que demonstraram interesse. Nem sempre esse tipo de informação fica à vista do empreendedor online, então, é uma vantagem usar o teste para isso.

A taxa de rejeição é uma métrica importante que o e-commerce identifica e interpreta. Quando a taxa de rejeição está alta, por exemplo, significa que uma série de insatisfações fizeram o cliente desistir e até abandonar o carrinho. Se atente, pois pode ser uma falha na plataforma, opções confusas na página, o produto descrito não é o que a pessoa esperava, o valor do frete ficou alto, etc.

Otimiza os gastos com divulgação

Se você usa as redes sociais para fazer propaganda com frequência, provavelmente está pagando mais do que queria. Esse é o chamado tráfego pago, porém, você nota que os acessos não são concluídos. Ou seja, os usuários não chegam na página de compra. Esse problema é solucionado com o teste A/B no e-commerce.

Essa tática de duas versões de um anúncio melhora a jornada de compra do cliente. A ideia é usar o teste com o objetivo de acompanhar o desempenho dos anúncios produzidos. Ao saber qual deles atraem mais pessoas, você não precisará comprar mais tráfego.

Mais cliques e mais conversões

As taxas de conversões são dados que o teste A/B no e-commerce também fornece numa estratégia. Quando estão baixas, é porque algum fator causou desistência num cadastro ou compra. Nesse sentido, a vantagem está na possibilidade de testar duas páginas do mesmo site para ver qual está fazendo os leads desistirem antes da conversão.

Serve para interpretar se esses usuários tiveram um real interesse no produto ou serviço,  mas algum elemento do site dificultou o processo de compra ou a permanência nele, pois é possível ver se houve mais cliques numa versão de teste do que a outra. Em alguns casos, a sua oferta talvez não seja satisfatória.

Como fazer o teste A/B no e-commerce?

Na prática, o teste A/B no e-commerce pode ser usada conforme os seus objetivos, seja para adquirir mais cadastros no site, pegar mais dados dos seus clientes, aumentar as vendas de um produto menos conhecido, etc. Por isso, são estratégias aplicadas com muita frequência por grandes empresas como Carrefour, Sephora, HP, American Express e outras.

Não importa o tipo de engajamento que você procura ter no seu e-commerce. Uma vez que o teste A/B alcança um objetivo maior, que é o de descobrir o que converte mais, o conteúdo da página A ou o da página B.

6 dicas para aplicar o teste A/B no e-commerce

Como falamos, o teste de duas páginas irá depender do seu objetivo e das necessidades de retornos de desempenho do seu site. Mas como a maior intenção é saber qual é preferência dos consumidores ao acessarem um link, você pode ter ideias para começar a praticar. Veja, afinal, estas 6 dicas de teste A/B no e-commerce:

  1. Estabeleça um objetivo

Antes de começar um teste A/B no e-commerce, defina o seu objetivo. Isso pode variar, como ter mais taxas de cliques, melhorar as conversões numa compra, recuperar carrinhos abandonados. Com isso claro, você direciona o experimento. É importante, também, identificar os elementos que podem ser mudados.

Provavelmente, você já tem alguns anúncios divulgados, mas que não lhe renderam retornos de visitas e conversões. Nessa primeira dica, você pode repetir o processo de anunciar um produto com novos testes, mas com o título diferente ou um texto de descrição. Muitas vezes, os botões de chamadas para ação precisam ser mudados também.

  1. Use o Google Ads

O Google Ads fornece espaço para o empreendedor online fazer teste A/B no e-commerce para alcançar o seu público corretamente. Nele, podem ser criados grupos de anúncios conforme cada alteração. O melhor, é que o programa te apresenta a versão original da página e as versões que você alterou.

Acompanhe o desempenho das páginas de teste, sendo possível colocar um tempo para serem executadas e você conseguir obter todos os dados e comparar depois. Em seguida, com o teste executado, você verá os resultados e as métricas como as taxas de cliques e conversão. Por fim, é só identificar qual foi a versão alterada que teve o melhor resultado e a publicar como anúncio.

  1. Deixe o teste executar por tempo suficiente

Ao escolher a sua ferramenta de teste A/B para e-commerce, seja o Google Ads, Adobe Target ou outras, se atente ao tempo de execução. Essas plataformas costumam apresentar estatísticas confiáveis e dar amostras de tempo, mas você deve pensar no tamanho das páginas e nos dias da semana que mais haverá acessos.

Uma indicação é deixar que o teste faça esse trabalho por ao menos uma semana, esse tempo pode ser suficiente para receber cerca de 5.000 visitas. Pode funcionar tanto para duas versões de páginas ou para sua estratégia de e-mail marketing. Mas isso depende, realmente, do seu negócio e do conteúdo bem estruturado.

  1. Teste uma Landing Page

Fazer duas versões de uma Landing Page é o modelo mais usado e rápido de conseguir dados por meio de teste A/B no e-commerce. Originalmente, uma landing page significa “página de aterrissagem”, um link que direciona para um site, mas para o e-commerce, isso significa conversão de vendas!

Você pode criar uma landing page única para divulgar um produto ou explicar um serviço, ou realizar o teste A/B no e-commerce com duas landing pages variadas. Em resumo, estas duas pages contém o mesmo tipo de conteúdo, porém, com variações de elementos, como cores, imagens, vídeos, botões, título e subtítulo, etc.

  1. Teste seu E-mail Marketing

Outra opção de teste A/B no e-commerce é o envio tradicional de e-mails personalizados, onde você pode ser criativo com a abordagem que fala direto com o consumidor. Tanto que ele poderá se sentir tocado e ter mais chances de clicar no botão de chamada (CTA) e realizar qualquer ação.

Antes de tudo, você deve definir seus objetivos e planejar o que colocar nestes e-mails. Saiba que esse tipo de teste A/B no e-commerce precisa de muito planejamento e criação para testar diversos elementos, tais como o assunto do e-mail, o horário de envio, o dia da semana, as cores dos botões, as imagens, e outros detalhes.

  1. Colocar ou não depoimentos de clientes

A presença ou não de depoimentos de seus clientes é um fator de teste A/B no e-commerce que você pode incluir numa versão de landing page ou e-mail. Um dos objetivos é ver o impacto de comentários positivos de clientes reais. Assim, o plano é o mesmo: criar uma página A com depoimentos de clientes e uma página B sem os depoimentos.

Certamente, você verá um aumento nas suas vendas. Com a ajuda de dados experimentais como estes, qualquer empresa tem na mão uma forma de relacionar um produto ou serviço com o teste social. As pessoas tendem a confiar mais numa compra online ao ler pequenos relatos de experiência com a marca.

Executar um teste A/B no e-commerce é melhor do que ter altos custos com tentativas lançadas na sorte. Muitas estratégias retornam com resultados baixíssimos quando não se tem estatísticas e dados reais sobre o comportamento dos seus clientes. Aprenda mais sobre melhores estratégias de aumentar as vendas ao ler os textos do Jornal do Marketing sobre a experiência do cliente!