4 estratégias para diminuir sua taxa de rejeição

Sumário

Posts relacionados

4 estratégias para diminuir sua taxa de rejeição

4 estratégias para diminuir sua taxa de rejeição

Conheça quatro estratégias eficazes para diminuir a sua taxa de rejeição e melhorar o SEO do seu site significativamente.

A taxa de rejeição é uma métrica muito importante em um site. Ela mostra a porcentagem de usuários que fecharam a página logo após acessá-la, e impacta diretamente no ranking de SEO. Afinal, os mecanismos de busca levam em conta a duração da visita para identificar se um site é ou não relevante.

Essa taxa pode ser verificada em ferramentas como o Google Analytics, após integrá-la com o site. Uma taxa de rejeição considerada aceitável vai até 55% e, maior do que esse valor, é hora de buscar estratégias para diminuí-la e conseguir posicionar melhor o seu site nos buscadores.

Produza conteúdo de qualidade

O primeiro passo para diminuir a taxa de rejeição do seu site sem dúvidas é produzir conteúdo de qualidade, que seja relevante para o usuário. Afinal, não adianta nada fazer uma propaganda atrativa, mas deixar o público se decepcionar com o conteúdo apresentado ao acessar o site. Quando o leitor não encontra o que procura, ele logo fecha a página, o que contribui para o aumento da taxa de rejeição.

Produza conteúdo de qualidade
Fonte/Reprodução: original

Para produzir um conteúdo de alta qualidade, você precisa ter o seu público-alvo bem definido e saber como se comunicar com ele. Saber informações como os seus interesses e as dificuldades que ele precisa resolver, é essencial para agregar valor na hora de produzir qualquer conteúdo. Você também pode deixar os seus artigos mais atrativos com imagens e outros elementos visuais, além de uma linguagem mais clara e acessível com exemplos práticos.

Fique atento ao tempo de carregamento

Com certeza você já desistiu de acessar um site devido ao tempo de carregamento. Esse é um dos principais fatores por trás da alta taxa de rejeição, afinal, poucas pessoas estão dispostas a esperar um longo período de tempo apenas para acessar uma página na internet. Atualmente existem algumas ferramentas que fazem o monitoramento da velocidade de sites, mas algumas outras dicas também podem ajudar.

Primeiramente, certifique-se que a empresa na qual o seu site está hospedado oferece um serviço de qualidade. O desempenho da hospedagem afeta diretamente o carregamento da página, assim como o tema. O visual de um site é importante, mas alguns elementos podem deixar a página muito pesada e afetar o seu carregamento.

Tenha um site responsivo

Você sabia que mais de 50% de todo o tráfego da internet é proveniente de dispositivos móveis? Isso significa que o seu site precisa ser responsivo, ou seja, se adaptar a outros dispositivos para oferecer uma boa experiência ao usuário. E o impacto não é somente na taxa de rejeição: o Google e outros mecanismos de busca classificam melhor os sites responsivos.

Para transformar o seu site em um site responsivo, talvez seja necessário contratar um desenvolvedor, ou então optar por ferramentas online que fazem essa conversão. Outra alternativa é trocar o tema do seu site por um tema responsivo. Você pode verificar a responsividade do seu site e como está o carregamento dele em uma ferramenta chamada Pingdom.

Use táticas anti-fuga

Como última alternativa, você pode optar pelas táticas anti-fuga. O pop-up de saída abre quando o usuário está prestes a fechar a página, mas deve ser usado com cautela para não sobrecarregar o site e até mesmo irritar o visitante e fazer com que ele não volte mais. Um exemplo dessa estratégia está no print abaixo:

Use táticas anti-fuga
Fonte/Reprodução: original

Outra forma de impedir a saída do usuário é usar o recurso “leia mais” no fim dos seus artigos, com sugestões de outros conteúdos que também possam interessá-lo. Dessa forma ele passa mais tempo no site, o que diminui a taxa de rejeição significativamente. Como observado na imagem abaixo:

táticas anti-fuga
Fonte/Reprodução: original

A taxa de rejeição é um dos fatores decisivos para alcançar as primeiras páginas dos mecanismos de busca, pois ajuda a identificar se o conteúdo do site é relevante ou não. Coloque nossas dicas em prática e acompanhe o Jornal do Marketing para aprender mais sobre o assunto!