O que são rich snippets?

Sumário

Posts relacionados

O que são rich snippets?

O que são rich snippets?

Ter uma página bem posicionada nas pesquisas no Google não significa que o trabalho de SEO acabou, é preciso garantir volumes de cliques no link, e isso é possível por meio do rich snippet. 

Várias empresas e blogueiros buscam um bom posicionamento de suas páginas no Google, é bem nesse ponto que mora o problema: achar que isso já é o suficiente. Ficar na zona de conforto gera espaço para os concorrentes crescerem.

Não basta o link ser bem posicionado se ele não tiver um grande volume de cliques. Justamente para isso, é que existem o rich snippet. Vamos abordar mais sobre isso adiante.

Rich Snippet: Qual a sua definição?

Rich Snippet é um conjunto de descrição (título, URL e descrição), que traduzido significa “fragmento rico”. Seu objetivo é informar para o usuário o que ele encontrará naquela página ao clicar no link. 

Rich Snippet: Qual a sua definição?
Fonte/Reprodução: original.

Em 2009 o Google incluiu o conceito de rich snippet nos resultados da buscao que se tornou algo valioso para as páginas web. Um exemplo são as estrelas de avaliação dos usuários que aparecem logo abaixo do link, antes da meta descrição do site.

No contexto do usuário, os rich snippets fornecem informações adicionais que o ajudam a decidir se acessa ou não aquela página. Já para o buscador, esses fragmentos ricos representam informações importantes que oferecem experiência satisfatória para os usuários.

Importância do Rich Snippet para o SEO

Primeiramente, o rich snippet não é considerado um fator no ranqueamento da página, ou seja, não é levado em consideração pelo algoritmo do Google no momento de posicionar as páginas nos resultados. 

A sua importância para o SEO se dá pelo fato de contribuir diretamente para o posicionamento. Esses fragmentos trazem informações importantes que aumentam a taxa de cliques e diminuem a taxa de rejeição – essas taxas, sim, são consideradas pelo buscador no ranqueamento. 

Os resultados do SERP dos buscadores são praticamente iguais, sempre mostram o título, URL e descrição. Nesse sentido, quando os rich snippet são exibidos com essas informações da página, é criado um destaque visual capaz de atrair o usuário para acessar aquele link.

Quais são os tipos de Rich Snippet?

Existem diversos tipos de rich snippets e você não precisa obrigatoriamente usar todos eles. Alguns fragmentos são ideais para qualquer página, já outros, são indicados para páginas específicas.

Você deve focar e usar somente aqueles que são importantes para o seu negócio. A seguir, mostraremos os tipos que podem ser usados para aumentar a taxa de cliques da sua página web.

Breadcrumbs

Rich snippet muito interessante e útil, breadcrumbs são trilhas de um site, ou seja, mostram o caminho percorrido até chegar no conteúdo que o usuário está visitando. É uma estrutura de navegação que ajuda o usuário a se localizar dentro de um site.

Como exemplo, imagine que o usuário pesquise por ‘como criar breadcrumbs’. Nos resultados, uma página de cursos apresenta a seguinte informação adicional: curso online > cursos gratuitos > Como criar breadcrumbs

Isso serve para orientar o usuário em qual ponto ele estará dentro da página, o caminho que estará acessando para ler o conteúdo pesquisado. Isso traz uma boa apresentação para o resultado.

Avaliações

Essas são exibidas em forma de estrelas junto à descrição de determinado site e apresentam escala de 1 a 5. As avaliações são bastante atrativas aos olhos dos visitantes porque passam boa impressão. 

Elas demonstram a opinião de outros visitantes sobre a empresa, serviços ou produtos. Isso promove credibilidade para o negócio, atraindo um público maior, que esteja interessado em conhecer a empresa.

Site links

Os site links são um grupo de links do mesmo domínio, apresentados nos resultados de uma pesquisa. Servem como um atalho para poupar o tempo de pesquisa e para o usuário encontrar de maneira rápida e fácil alguma informação.

Ao pesquisar por um site, por exemplo, o resultado mostra o link principal, com sua URL e meta descrição, e logo abaixo aparecem outros títulos interessantes da mesma página com os links para acessar. Esse tipo de rich snippet não é definido pelo usuário e sim pelo próprio Google por meio de algoritmos automatizados. 

Redes sociais 

Os links que levam para as redes sociais de uma empresa também podem aparecer nos resultados de busca. Isso é importante para que o usuário tenha acesso a outras informações.

As redes sociais são ótimos recursos para divulgar serviços e produtos, são aliados para apresentar um negócio para o público e criar interação com os mesmos, fornecendo informações variadas.

Logo

Quando um usuário realiza uma pesquisa por uma empresa, marca ou evento, o buscador pode mostrar dados mais específicos, como, por exemplo, o logotipo da marca em um box na coluna à direita, próximo da descrição da página.

Essa imagem pode ser definida por você para que o navegador entenda qual imagem usar para exibir no momento da busca. Caso a imagem não seja definida, o próprio site de pesquisa pode tentar usar uma imagem do Google Plus, se for o caso. 

Artigos

Quem tem páginas de notícias ou blogs, pode fazer uso de dados estruturados para fazer com que o artigo apareça entre as principais notícias, também chamadas de Top Stories, como um destaque. Isso é relevante para usuários que pesquisam por temas e por notícias específicas, e podem encontrar seus conteúdos, que direcionam para seu blog ou site na web. 

Esses são alguns tipos de rich snippet mais usados. Outros fragmentos que ganham destaque na SERP do Google, são listados a seguir e adiante veremos como definir ou criar esse recurso: 

  • links de players de músicas; 
  • informações adicionais de receitas culinárias (tempo de preparo, etc);
  • informações de data e preço de eventos;
  • informações de produtos (marca, preço, disponibilidade). 

Lembrando que essas informações são exibidas logo abaixo da descrição da página nos resultados da pesquisa. Estamos falando de um recurso capaz de chamar a atenção do público. 

Ao invés do usuário pesquisar e simplesmente receber só uma lista de páginas com seus títulos e descrições, ele recebe algo ‘a mais’, ou seja, dados que agregam valor na sua busca e despertam o seu interesse.

Como criar uma rich snippet?

O rich snippet é um nível mais avançado dentro do contexto SEO. Para o buscador, como o Google, conseguir exibir os snippets é necessário que eles estejam identificados no código HTML da página como dados estruturados. 

Como criar uma rich snippet?
Fonte/Reprodução: original.

Esses dados estruturados servem para classificar e organizar determinado conteúdo. Quando o googlebot (robô) ler as informações de uma página, ele conseguirá identificar aquilo que é mostrado na SERP. Para implementar dados estruturados como um rich snippet, algumas recomendações são:

  • Pesquisar com mais profundidade o funcionamento de dados estruturados no Google;
  • Utilizar schema (comunidade que compartilha esquemas que podem ser usados), para criar as marcações e inseri-las de forma manual na página; 
  • Usar o Google Search Console para indicar ao robô como ele deve fazer a leitura do seu conteúdo;
  • Instalar o plugin All-in-one Schema.org Rich Snippets, caso você use o WordPress. 

Pesquise por Search Gallery e conheça as marcações de dados estruturados compatíveis com as pesquisas do Google, lá você encontra exemplos e como fazer essas estruturas funcionarem. 

O trabalho de SEO não é apenas fazer uma página aparecer entre os primeiros resultados, é preciso ir além. Obter mais cliques é fundamental para manter sua página no topo e atraente aos olhos dos usuários. 

Para aprender mais sobre otimização de páginas, continue navegando no Jornal do Marketing. Temos os melhores tutoriais para manter seu negócio visível e à frente dos concorrentes!