Como estruturar um blog para dar retorno?

Sumário

Posts relacionados

Como estruturar um blog para dar retorno?

Como estruturar um blog para dar retorno?

Estruturar um blog para obter bons resultados é o objetivo de muitos criadores e marcas na web. Ao navegarmos na internet podemos nos deparar com vários blogs que servem para fazer a apresentação inicial de uma ideia ou produto. 

Uma pessoa quando procura uma solução para suas ‘dores’ ou problemas não pesquisa pelo nome de uma empresa, mas sim, pela descrição de sua necessidade. Daí a importância de elaborar um blog para aparecer nas primeiras páginas de busca. Saiba mais sobre como estruturar um blog para obter bons resultados abaixo.

Qual a importância de estruturar um texto?

Para entendermos a importância de estruturar um blog, vamos compreender primeiro a importância do processo de funil de vendas. Os blogs são ferramentas de tráfego constante, em outras palavras, por meio deles muitos usuários podem chegar até o seu negócio. 

Qual a importância de estruturar um texto?
Fonte/Reprodução: original.

Se trata de uma ferramenta importante no funil de vendas, que representa o processo de acompanhar o cliente desde o primeiro contato com os produtos ou serviços até o fechamento da venda). 

O funil serve para segmentar os possíveis clientes com base no interesse dos mesmos nos produtos ou serviços. Conhecer as pessoas interessadas no negócio ajuda a elaborar estratégias personalizadas para cada momento. As etapas do funil são:

  • Topo do funil (prospecção): Fase para apresentar a empresa e gerar prospects (cliente potencial, pessoa interessada em comprar algo). Nessa fase os consumidores identificam a necessidade que precisa ser resolvida, a empresa por meio de conteúdos apresenta as suas soluções. Aqui entra o blog como porta de entrada para o cliente conhecer a empresa;
  • Meio de funil (Qualificação): O cliente nesta etapa está disposto a informar seus dados para receber em troca algo que possa atender suas necessidades. Aqui, o prospect compartilha as suas informações, nesse momento ele se torna um lead (pessoa que compartilha seus dados com uma empresa);
  • Fundo de funil: Nesta etapa o lead está prestes a se tornar um consumidor. Aqui, o conteúdo produzido convencerá ou não a finalizar a compra. 

Por isso, é importante saber estruturar um blog de forma correta, pois é através do seu conteúdo que o cliente potencial se manterá interessado nos serviços oferecidos e buscará por mais informações.

Como criar uma boa introdução?

‌Como o próprio nome sugere, a introdução representa o início de um texto. Antes de desenvolvermos o conteúdo é preciso explicar o problema que a pessoa solucionará ao ler um determinado artigo

Uma boa introdução ajuda a estruturar um blog que traga resultados. Listamos a seguir dicas úteis e simples para elaborar uma introdução interessante, que prenda a atenção do usuário. 

  • Mostrar que você entende do problema do leitor: uma boa ideia para iniciar o texto em um Blog é abordar o leitor, como, por exemplo: ‘você se sente inseguro e precisa aprender mais sobre o mercado de trabalho?’ Ou, ‘você sente que precisa ter uma renda extra para melhorar sua vida?’; 
  • Contextualizar o leitor: a partir do título, é possível trazer várias abordagens sobre o tema, por isso, na introdução é importante mostrar ao leitor qual caminho ou raciocínio será seguido no decorrer do artigo;
  • Apresentar alguma informação importante: a introdução é capaz de despertar ou não o interesse da pessoa, por isso vale caprichar ao fornecer alguma informação importante, que possa despertar a curiosidade da pessoa;
  • Ser objetivo e breve: a introdução deve conter texto breve, sem muitas delongas, textos longos faz com que o leitor abandone o blog ou site; 
  • Lembrar do seu persona (leitor): escreva levando em consideração qual pessoa estará lendo o artigo.

Imagine que a seu persona é uma pessoa apaixonada por doces e tem dúvidas entre doces artesanais e tradicionais. O tema do seu artigo é escrever sobre as vantagens dos doces artesanais da dona Júlia. Para ajudar a persona a resolver o problema dela, um bom exemplo de introdução seria:

“Quem não ama doce? A ideia de deliciar uma boa sobremesa é tentadora. Imagine, saborear um brigadeiro com ingredientes selecionados. Mas, muitas vezes você se pergunta: será que os doces artesanais da famosa loja Dona Júlia valem a pena?

Por isso, vamos te ajudar a entender as diferenças de doces tradicionais e artesanais e mostrar o porquê você pode e deve experimentar as guloseimas da loja da Dona Júlia – que acredite, são uma delícia!”

Como fazer CTA e porque ela é importante?

O call-to-action (CTA) ou chamada para ação, como o próprio nome já diz, é uma chamada para o usuário fazer algo. Em outras palavras, é uma ação de marketing usada em artigos, e-mails e sites, para chamar a atenção do leitor e direcionar o mesmo a fazer algo. 

Como fazer CTA e porque ela é importante?
Fonte/Reprodução: original.

O objetivo do CTA é fazer um apelo para atrair cliques e conversões. É importante usar a chamada para ação com cuidado, considerando em qual estágio do funil o leitor se encontra. 

Um exemplo: a pessoa está pesquisando sobre alimentos saudáveis e ainda não sabe muita coisa. Nesse sentido, não é ideal usar um CTA do tipo “clique aqui e compre uma fritadeira elétrica”. Se o usuário ainda está pesquisando e aprendendo sobre o tema, dificilmente vai acessar esse link.

Algo para atrair o leitor nessa etapa seria “confira mais dicas de como montar uma refeição saudável”. Assim, o usuário tem maior probabilidade de acessar o link e continuar navegando no blog.

Como estruturar o Heading?

O heading é o recurso que organiza títulos e subtítulos de uma página. A ideia é melhorar a leitura do conteúdo e otimizar o SEO. O termo Heading Tag vem do HTML, que define as tags como H1, H2, H3, H4, H5, H6, onde os níveis mais usados em artigos são os três primeiros.

O H1 descreve o título principal do texto e cada artigo contém somente um Heading H1. Por outro lado, o H2 representa subtítulos dentro da hierarquia de conteúdo de uma página da web. 

O heading tag H3 é usado para abordar tópicos mais específicos dentro do H2. Em resumo, são tópicos mais detalhados para o usuário. Usar tags Heading é de grande valor para os conteúdos que utilizam estratégias de SEO, pois informam para o Google o assunto da página e como ele se pode se encaixar nas buscas do leitor. 

Como o linking building pode ajudar?

Linking building é uma estratégia para obter links externos que apontem para um site. Esses links são chamados backlinks em SEO. A partir disso é possível ganhar autoridade e reputação do blog nos mecanismos de busca.

Como o linking building pode ajudar?
Fonte/Reprodução: original.

Fazer outros sites apontarem para o seu link proporciona um aumento no tráfego de sua página e consequentemente permite alcançar melhor posição no ranqueamento nos buscadores. 

Como criar uma FAQ e quais dúvidas abordar?

A sigla FAQ significa Frequently Asked Questions (perguntas frequentes) e serve para reunir em uma única sessão um conjunto de respostas para possíveis dúvidas que os clientes possam ter sobre algum produto ou serviço. 

Para criar uma FAQ é necessário definir qual é o tema em questão, ou seja, qual assunto seu blog aborda. Se você vende algum infoproduto, por exemplo, as perguntas devem ser direcionadas para esse produto. As FAQs são aliadas no momento de estruturar um blog, porque permitem ao leitor tirar dúvidas.

Elabore uma lista de dúvidas que você poderia ter como cliente ou colete dúvidas em redes sociais de outros usuários sobre o mesmo produto, e assim, crie seu conjunto de perguntas e respostas. 

Crie subcategorias se necessário. Por exemplo, para a categoria pagamentos, podemos ter a subcategoria ‘meu pagamento não foi processado’, ‘quais formas de pagamento aceitas’, entre outras relacionadas com o tema. 

Além dessas duas dicas citadas acima, existem outras recomendadas como escrever respostas objetivas e diretas para facilitar nas dúvidas do visitante. Em resumo, as dicas para elaborar uma FAQ são:

  • Defina quais temas ou pontos do blog serão abordados (pagamento, produto, etc.);
  • Elaborar uma lista de perguntas e respostas;
  • Criar categorias e subcategorias das perguntas para facilitar a leitura;
  • Seja objetivo e claro nas respostas;
  • Evite adicionar informações desnecessárias. 

Vale ressaltar que uma FAQ é diferente de uma central de ajuda. Enquanto a primeira contém respostas breves, curtas, a segunda inclui tutoriais mais ricos e informações com canais de atendimento para contato.

Como concluir um artigo?

‌A conclusão de um artigo serve para reforçar a ideia principal daquilo que foi desenvolvido ao longo do conteúdo, podendo incluir chamadas para reflexão ou ação por parte dos leitores. 

Uma boa conclusão deve ser breve e dar ênfase a principal lição que os leitores podem tirar do artigo. Além disso, o que seu leitor deve fazer ou pensar após ler o conteúdo? Defina uma ação clara ou faça seu leitor refletir sobre algo. 

Como construir uma boa bio e por que ele é importante?

A bio (biografia) é o primeiro contato das pessoas com uma empresa. Ela deve incluir informações básicas sobre o negócio, ser objetiva e ao mesmo tempo chamativa para despertar a atenção do usuário. 

Por isso, é importante construir uma boa biografia porque ela ajuda a promover os produtos e serviços de uma empresa ao mesmo tempo que cria uma relação de proximidade no primeiro contato com um possível cliente. Uma boa estrutura de bio deve seguir o seguinte modelo:

  • Ter palavra-chave relacionada à área de atuação; 
  • A chamada para ação (CTA) também pode ser usada na bio;
  • O texto deve ser breve (não passando 160 caracteres) e descrever brevemente aquilo que a empresa oferece para seus clientes.

Todas essas questões (bio, conclusão, FAQ, linking building, títulos, subtítulos, CTA e introdução), ajudam a estruturar um blog de forma adequada, deixando-o mais profissional e atraente.

Como podemos perceber, estruturar um blog implica diversas etapas. É fundamental conhecer mais de perto as técnicas SEO para alcançar resultados. O Jornal do Marketing traz mais dicas de otimização para te ajudar nessa jornada. Continue no site e confira!