Como desenvolver bem títulos e subtítulos em seus artigos

Sumário

Posts relacionados

Como desenvolver bem títulos e subtítulos em seus artigos

Como desenvolver bem títulos e subtítulos em seus artigos

Veja como desenvolver títulos e subtítulos que irão engajar o seu conteúdo! Aprenda como fazer artigos interessantes que irão captar ainda mais clientes!

Títulos e subtítulos são fundamentais para seus artigos, notícias, chamadas e conteúdos na internet. Muitos têm uma opinião polêmica e acreditam que títulos são por muitas vezes desnecessários, sensacionalistas e “clickbaits”. Mas independente da sua formulação, os títulos – e subtítulos – são fundamentais para a leitura.

Afinal, são os títulos que entregam a primeira informação para o leitor sobre o que ele está lendo. Outra função do título é chamar a atenção para o que o artigo irá mostrar e deixar o leitor previamente avisado sobre o que encontrará no texto. Ou seja, são itens indispensáveis para conseguir trazer uma prévia de informação e do conteúdo. Saiba mais sobre a importância destes elementos a seguir com o Jornal do Marketing!

Importância dos títulos e subtítulos

Títulos e subtítulos são uma peça-chave para qualquer texto, desde o entendimento do assunto, para chamar a atenção do público e também serve para delimitar a quem interessa o conteúdo do artigo em questão. Sem um bom título, um livro, manchete ou qualquer texto pode até ter sua qualidade colocada em xeque.

O título e subtítulo para certos assuntos é tão importante que para a sua criação há pelo menos duas abordagens muito seguidas: a primeira onde o título serve como mote do assunto que será tratado, e a segunda onde o título é criado posteriormente após todo o texto ser produzido.

Importância dos títulos e subtítulos
Fonte/Reprodução: original

Sem esse título, o seu artigo não chama a atenção das pessoas que devem se interessar pelo assunto e também perde a oportunidade de conseguir atingir um público mais amplo. Com todas essas características, também fica explícita a necessidade de ter títulos e subtítulos que sejam condizentes com o conteúdo da escrita e que visem enriquecer a experiência do leitor.

Por último, uma grande necessidade de ter um título e subtítulo é manter a ideia e o corpo do texto organizados. Os títulos servem como a cabeça do texto e o subtítulo como seus outros membros. Pense em um esqueleto e com base neles todo o corpo do que deve ser escrito é criado. Essa estrutura é fundamental para que a ideia de todo conteúdo esteja bem definida.

SEO do texto

Outra importância que vale a pena ser comentada sobre os títulos e subtítulos é a sua necessidade para o SEO. Search Engine Optimization são práticas que afetam o modo como suas páginas, sites e conteúdo são encontrados por meio de mecanismos de busca, colocando seu texto no topo dos resultados.

Os títulos já devem contar com a palavra-chave do artigo e conteúdo, o que facilita assim a sua identificação por parte dos mecanismos de busca. Também auxilia no momento de nichar e indexar a página para que ela seja encontrada pelo algoritmo dos buscadores conforme o público pesquisa.

O que é um bom título?

Um bom título deve ter alguns requisitos que fazem dele um título adequado para o texto. E este é o primeiro ponto que deve ser analisado, o quão adequado é para aquele conteúdo o título em questão. Afinal, nem todos os títulos servem para qualquer assunto e um bom subtítulo para um texto pode não ser para outro.

Essas diferenças podem ocorrer até mesmo em detalhes triviais. Talvez por determinado artigo estar orientado a um público específico, o título para agradar aquele público deve ter características especiais. Este é apenas um exemplo de como a qualidade de um título pode ser dinâmica. Veja a seguir outras dicas especiais para a produção de bons títulos e subtítulos.

Características de um título eficaz

Mesmo que a qualidade de títulos e subtítulos possa ser variável, existem algumas regras que devem estar presentes na maioria dos títulos de boa qualidade. Essas regras servem como molde para a produção de títulos que irão enriquecer seus textos e artigos. Veja a seguir 10 características de um bom título.

  • Clareza: Um bom título deve ser objetivo;
  • Chamativo: Um título deve chamar a atenção, mas sem sensacionalismo;
  • Devem pautar a leitura: Subtítulos devem pautar a leitura e tornar o texto agradável;
  • Concisão: O título deve resumir o conteúdo do texto de maneira concisa;
  • Interessante: Os títulos e subtítulos devem criar interesse no público;
  • Urgente: Para artigos sobre vendas de produto, o título deve ser urgente;
  • Atual: É necessário ter cuidado em não datar título e torná-lo vinculado a um assunto desatualizado;
  • Relevante: O título deve ser relevante o suficiente para o leitor se interessar;
  • Ortograficamente correto: Tenha cuidado em não cometer erros ortográficos e demais erros em seus títulos;
  • Adequado ao público alvo: Um bom título deve ser pensado para atingir um público-alvo, mas sem limitar os leitores do texto.

Todas essas características são fundamentais para conseguir um bom título. Utilize essas dicas como moldes para conseguir criar títulos e subtítulos ideais para suas produções, e com isso seus textos com certeza terão um desempenho melhor com a produção de conteúdo na internet.

Exemplos de títulos bem-sucedidos

Para ficar mais claro como os títulos e subtítulos bem sucedidos funcionam, fique com alguns exemplos a seguir. Esses exemplos podem ser utilizados em diversas produções, sejam elas de cunho jornalístico, conteúdo útil, artigos sobre opinião, dia a dia e muito mais! Aplique esses exemplos e veja seus textos com desempenho aprimorado:

  • “Confira as Verdades SURPREENDENTES Sobre Assunto X!”
  • “5 Dicas Incríveis Para Conseguir Realizar X”
  • “Cuidado! Confira os perigos para seu negócio!”
  • “[Referência na Área] Conta os Segredos para seu sucesso”
  • “Você sabe tudo sobre como [Realizar Determinada Atividade]?”
  • “As 5 características de pessoas determinadas”;
  • “Guia COMPLETO sobre como manter seu negócio”;
  • “Aprenda o Modo X: a melhor forma de resolver seu problema!”;
  • “Aprenda o Seguinte Método Para se Livrar de X Problemas”’;
  • “Imperdível! Confira o Modo X Para Sua Empresa”.

Esses 10 exemplos irão te auxiliar a criar títulos maravilhosos para seu texto, que caem sob medida para o público alvo. Informam e chamam a atenção, mas sem parecer forçados e de mau gosto. Guarde cada um desses exemplos e os adapte para seu conteúdo, personalizando os modelos de acordo com seu negócio.

Como criar um título impactante

Um dos aspectos mais importantes para títulos e subtítulos é o impacto que tem sobre o público. Embora o fator impacto deva ser medido e calculado para que não caia na acusação de sensacionalismo, ele ainda precisa existir. A diferença de um título impactante é que ele atinge o leitor e chama sua atenção para o texto.

Esse impacto deve ser montado tanto para o público-alvo, quanto para o público em geral, para que o maior número de leitores se interesse pelo conteúdo. Um título impactante deve ter algumas características, muitas já mencionamos acima, mas é importante pontuar que títulos desta categoria devem ter:

  • Palavras de ordem: “Confira”, “Leia”, “Acompanhe”, “Aprenda”, “Entenda”, etc;
  • Fator de urgência: É preciso que o título mostre para o leitor a importância urgente de conhecer o que está escrito no texto;
  • Relevância: E no fim, o que importa é que o assunto seja relevante para o público e o título deve corresponder ao seu conteúdo.

Essas são as principais características que tornam os títulos e subtítulos impactantes, e chamam a atenção de todos os leitores. Como mencionamos, a leitura começa a partir do título, logo este é o primeiro contato do leitor com o texto que deve ser tão impactante quanto o resto do conteúdo.

Técnicas para criar títulos atraentes

Mas para auxiliar de verdade, vamos conhecer algumas técnicas utilizadas para criar títulos atraentes, chamativos e relevantes para o seu conteúdo. Essas técnicas são simples, mas muito eficazes e podem ser replicadas para qualquer tipo de conteúdo, de várias categorias de textos e artigos. Veja quais são!

  • AIDA: Atenção, Interesse, Desejo e Ação, são as palavras que formam a sigla da técnica AIDA. Esse tipo de técnica é aplicado para o marketing de conteúdo e a produção de texto que visa levar o leitor a uma ação, geralmente uma compra de um produto ou a contratação de um serviço. Vai da atenção e gera interesse, desejo pelo produto ou serviço e, por fim, termina em uma ação de compra;
  • SHINE: A palavra shine em inglês significa “brilho” e também funciona como acrônimo para as palavras Specifity (especificidade), Helpfulness (utilidade), Immediacy (imediatismo), News (novidades) e Entertainment (entretenimento). Ou seja, com esta técnica o assunto é personalizado para ter a maior eficiência sobre determinado público ou mesmo para o mercado em geral.

Essas são duas técnicas ótimas para você utilizar no seu dia a dia. Como vimos, a técnica AIDA é mais orientada para o marketing digital de empresas que vendem online ou de maneira presencial. Artigos e textos criados com essa técnica tem maior eficiência para conduzir um leitor até a compra de um produto, que cria toda relação entre os consumidores e a empresa.

Outra técnica que apresentamos é a SHINE, onde o que é evidenciado é a personalização dos títulos e subtítulos para atingir um público ideal. Com a técnica Shine você orienta os títulos – e o artigo – para atingir um público específico e parte do mercado que interessa para seu negócio, site e conteúdo.

Erros comuns na criação de títulos e como evitá-los

No momento da criação de títulos e subtítulos é preciso prestar muita atenção. Como comentamos, parte do mercado tem uma visão bastante desconfiada dos títulos, sob a acusação de clickbaits, chamadas sensacionalistas e outros “perigos”. Logo, é preciso tomar muito cuidado para que seu artigo não caia neste tipo de problemática.

Erros comuns na criação de títulos e como evitá-los
Fonte/Reprodução: original

Este é o erro mais comum para a criação de títulos e subtítulos, aqueles que são sensacionalistas e apelativos além da conta. Para evitar esse tipo de erro, a melhor forma é sempre se atentar ao conteúdo, afinal, se o título for urgente e chamativo, mas o conteúdo tiver de fato essas características, não há problema algum.

Outro erro comum aos títulos é serem prolixos e detalhados demais. É necessário que os títulos sejam resumidos, concisos e objetivos, sem se detalhar demais, mas pelo menos ressaltando o assunto central do texto. Para evitar isso, produza no máximo títulos e subtítulos que tenham uma linha e sem palavras desnecessárias.

A importância dos subtítulos

Os subtítulos têm uma importância diferente dos títulos. Eles servem não apenas para ressaltar o que será falado no texto, na verdade, como os subtítulos estão dentro do texto, esses não precisam anunciar necessariamente o que o texto dirá, mas sim o que os diversos tópicos trarão ao longo do texto.

Outra importância ímpar dos subtítulos é que eles conduzem e estruturam a leitura. São eles que ditam o fluxo da leitura, a forma como os assuntos irão aparecer e serão tratados durante todo o artigo. Por isso, além de um bom título, também é necessário ter ótimos subtítulos em seu texto.

Papel dos subtítulos na organização do conteúdo

Os subtítulos têm menos trabalho ao apresentar o assunto para os leitores, porém mais a necessidade de falar sobre o que será tratado. Outro papel fundamental dos subtítulos é servir como esqueleto e base para toda a leitura. Conforme os subtítulos surgem, a sequência da leitura é ditada para o público.

Outra necessidade de ter os subtítulos produzidos para seu texto, é que os mesmos também definem uma estrutura ordenada de como os assuntos serão tratados, que vai desde os pontos mais básicos – que irão fundamentar o artigo -, até atingir o seu assunto principal e acabar se concluindo.

Como criar subtítulos eficazes

É comum que haja um profundo estudo antes de criar um subtítulo eficaz. Como mencionamos, os subtítulos têm o importante papel de pautar a leitura e torná-la atrativa, cadenciada e organizada. A melhor forma de criá-los é amarrando todas as ideias, tópicos e conceitos que serão tratados no texto em um esqueleto.

Ao estruturar deste modo todo o artigo, fica muito mais fácil criar subtítulos eficientes que tragam a discussão de maneira clara, objetiva e organizada. Leia de maneira consciente e ativa o texto que está sendo escrito e a forma como os subtítulos se harmonizam durante toda a leitura.

Outra necessidade de desenvolver subtítulos e títulos para seu texto é conhecer seu público-alvo, criar uma persona adequada para seus serviços, produtos e também conteúdo. Com isso, você pode cativar seu público de maneira mais assertiva com esse estudo sobre o mercado.

Exemplos práticos de subtítulos

Existe uma variedade de subtítulos, mais do que os próprios títulos. Afinal, a estrutura dos subtítulos permite uma série de adaptações e personalizações que variam de acordo não só com o assunto do texto, mas também com o tipo de texto. Há textos que servem como tutoriais, informativos ou de opinião. Entre os principais exemplos temos:

  • Subtítulos que abrem uma lista;
  • Subtítulos de passo a passo;
  • Subtítulos que evidenciam uma ideia a ser tratada;
  • Subtítulos que mostram um produto ou serviço específico;
  • Subtítulos que dividem uma mesma ideia em várias;
  • Subtítulos que dividem cronologicamente o assunto;
  • Subtítulos que mostram diferentes aspectos de uma notícia.

Esses são os principais tipos e exemplos práticos de subtítulos que existem. Com eles é muito mais fácil criar subtítulos interessantes para o seu artigo, que evidenciam e elevam o valor do texto. Cada subtítulo pode trazer muito mais para o estudo do texto e estruturar o artigo de maneira eficiente.

Como aplicar esses exemplos em seus próprios artigos

Como mencionamos, os subtítulos são muito mais variados do que os próprios títulos. Por isso que os exemplos que trouxemos são personalizáveis, capazes de serem adaptados para vários tipos de assuntos, conteúdos, tipos de textos e artigos diferentes. Veja a seguir como adaptar esses exemplos incríveis de subtítulos!

  • Para listas: Os melhores subtítulos para listas são aqueles que numeram o que será tratado nelas, como “5 Dicas Incríveis Sobre X”, por exemplo;
  • Para produtos e serviços: Em casos de subtítulos usados para vendas de produtos e serviços, geralmente são usados títulos com o nome dos mesmos produtos;
  • Para acontecimentos que devem ser contados de maneira cronológica: Os subtítulos utilizados correspondem a ordem cronológica dos fatos.

Esses são guias rápidos, mas práticos sobre como conseguir adaptar os títulos e subtítulos para seu texto e artigo. Com esse guia, você pode ir modificar os subtítulos conforme sua própria necessidade. Vale a pena procurar essa adaptação para seu caso e com isso conseguir mais estrutura em seus textos.

Ferramentas e recursos para desenvolver títulos e subtítulos

Ficou claro ao longo do artigo a dificuldade de criar bons títulos e subtítulos. Por isso, toda ajuda para criar títulos adequados para o seu conteúdo é muito bem-vinda. Para sua sorte, existem ferramentas específicas para a criação de ótimos títulos, inclusive já com uma função específica para trazer otimizar o SEO.

  • HubSpot: Esta é uma ferramenta de marketing digital muito útil que oferece soluções para títulos e também oferece temas para seu conteúdo;
  • Ideas Generator: O Blog Ideas Generator funciona em inglês, mas é bastante intuitivo e também oferece títulos e subtítulos para seu conteúdo;
  • SEOPressor: Outra ferramenta em inglês, mas muito útil para seu conteúdo em texto;
  • Content Row: A Content Row gera sugestões de títulos para blogs e são muito úteis se você deseja criar um site do zero;
  • WebPeak: Uma ótima opção, já que esta ferramenta é gratuita! Perfeita para criar títulos, meta description e vários elementos textuais para seu site.

Essas 5 ferramentas são especiais para seu site e blog e trazem mais praticidade na hora de criar seus títulos e subtítulos. Utilizar as ferramentas digitais e outros softwares é muito útil para a construção dos seus textos e conteúdo na internet, portanto, vale a pena apostar nesse método.

Recapitulação dos principais pontos abordados

Conhecer os princípios básicos da criação de títulos e subtítulos é fundamental para conseguir produzir um bom conteúdo. E para te ajudar, vamos recapitular o que aprendemos ao longo de nosso artigo e conseguir entender melhor tudo sobre a criação de headlines para o marketing digital. Confira os principais pontos!

  • Tenha em mente que o título deve chamar a atenção, mas não ser apelativo;
  • Lembre-se que o título sempre deve corresponder ao conteúdo;
  • Estruture o seu texto com subtítulos;
  • Faça uma leitura ativa com o auxílio dos subtítulos;
  • Separe os tópicos e seções do texto com o uso de subtítulos;
  • Pontue cada tópico com um subtítulo diferente.

Com essas dicas, a sua produção de conteúdo irá se tornar muito mais prática, eficiente e de qualidade! Ao chamar a atenção da maneira certa para conseguir cliques e leitores para seus artigos, com títulos impressionantes e com subtítulos que tornam a leitura muito mais dinâmica e agradável.
Importância de um bom título e subtítulo para o sucesso do seu artigo.

Os títulos e subtítulos são fundamentais para o sucesso do seu artigo. Eles chamam a atenção para o conteúdo do seu texto e também funcionam para que o Google e outros buscadores identifiquem o seu artigo e passem a recomendá-los para quem pesquisa termos e palavras relacionadas ao assunto tratado.

Por isso, se você quer mais chances de ter o seu texto lido por um amplo público, a melhor maneira é apostar na criação de bons títulos e subtítulos para conseguir mais leitores, e interessar ainda mais o seu público. Títulos são fundamentais para o sucesso do seu conteúdo e os subtítulos existem para estruturá-los.