Como Definir e Medir KPIs Eficazes para seu E-commerce

Sumário

Posts relacionados

Como Definir e Medir KPIs Eficazes para seu E-commerce

Como Definir e Medir KPIs Eficazes para seu E-commerce

Na busca de melhorar um e-commerce, os KPIs são essenciais para que você, empreendedor online, possa definir quais estratégias trazem bons resultados e quais não trazem. Mas é preciso conhecer os indicadores e saber como medir as chances de sucesso nas conversões e novas prospecções de clientes.

Quando falamos de KPIs, nos referimos às métricas de vendas de um comércio eletrônico, ou seja, os segredos sobre as performances de uma marca ao vender seu produto ou serviço. Porém, é necessário ir além de uma boa vitrine, visto que a concorrência é alta e uma empresa precisa conhecer melhor as preferências do público.

O que são KPIs?

Os KPIs de e-commerce são, na tradução, indicadores-chave de performance. Eles funcionam como um conjunto de dados sobre comportamento num comércio eletrônico, como as vendas, atendimento ao cliente, gastos e orçamentos. Mas um dos mais importantes recursos desses indicadores é a métrica de comportamento dos clientes e visitantes do site.

O que são KPIs?
Fonte/Reprodução: original.

Com os KPIs certos, você consegue ter mais clareza de como sua empresa é vista e o que é preciso fazer para ter um melhor resultado. Porém, tudo irá depender do nível em que sua empresa se encontra, se está no início ou não, para poder escolhê-los.

Como escolher os KPIs do seu e-commerce?

A partir de um bom planejamento e objetivos, você define o que precisa para, então, saber o que irá medir. Como, por exemplo, um negócio recém aberto é desconhecido pelo público e precisa de conseguir seus leads. Aqui, o objetivo é usar KPIs que geram tráfego.

Somente com o tráfego (o primeiro KPI) a loja virtual terá como realizar suas primeiras conversões. Nesse sentido, conquistar seus leads com conversões de sucesso já se torna uma segunda opção para seu e-commerce. 

Benefícios de se medir os KPIs

O primeiro benefício é poder medir o desempenho de um comércio com os KPIs para e-commerce, pois um site e canais de vendas já possuem uma plataforma que facilita acompanhar dados e métricas de tudo o que acontece nesse espaço. O que é mais difícil quando se precisa medir uma loja física.

Benefícios de se medir os KPIs
Fonte/Reprodução: original.

Com os KPIs para e-commerce, é possível descobrir padrões e antecipar medidas. Saber a quantidade de visitantes, mensurar o tráfego, as taxas de retenção e demais dados que geralmente aparecem em números. Esses indicadores ajudam a traduzir tais dados e mostram o que mudar no site.

10 KPIs importantes para o seu e-commerce

Apesar do Google Analytics ser uma ferramenta de mensuração bem conhecida, vale lembrar que os KPIs para o seu e-commerce podem ser aprimorados. Existem dados de comportamento do cliente e do visitante (leads) que se encaixam nestes 10 KPIs que falaremos a seguir. Confira!

  1. Tráfego do site

O primeiro KPI que as empresas novas precisam se atentar é o tráfego de um site de e-commerce. Uma das maneiras de fazer o site ser visitado é investir em marketing digital, marketing de conteúdo, anúncios nas redes sociais e outros. Já um site com mais tempo, que está com o tráfego baixo, pode se basear nos períodos em que mais recebeu acessos e por quê. Procure saber de onde vieram esses acessos.

  1. Taxa de conversão (CVR)

A taxa de conversão é medida por KPIs e você descobre o cálculo do número de visitas e de quantas vendas foram feitas no e-commerce. Para medir os indicadores sobre a taxa de conversão, basta entrar em sua conta do Google Analytics. A plataforma te direciona aos próprios gerenciadores, seja das visitas, seja das vendas. Mas o cálculo em si, é feito ao dividir visitas por vendas e multiplicar por 100.

  1. Taxa de rejeição

O terceiro dos KPIs para e-commerce é a taxa de rejeição, a qual te mostra a porcentagem de visitantes que entram no seu site, mas saem sem realizar uma ação. Segundo o cálculo, quando o KPI de taxa de rejeição está alto, significa que os elementos e recursos do site podem não ser atrativos. 

  1. Ticket Médio

O ticket médio é um indicador altamente recomendado entre os KPIs para e-commerce, pois, ele funciona como um medidor de comportamento do consumidor que gasta no seu site ou loja. Você chega no cálculo de KPIs de ticket médio a partir do faturamento total e número de pedidos em certo período.

  1. Carrinhos abandonados

Os KPIs também fornecem cálculos sobre problemas que todo e-commerce enfrenta de tempos em tempos, como os carrinhos abandonados. A base dessa mensuração está no comportamento dos usuários ao encontrar algum erro na página, acharem uma etapa de compra difícil ou demorada. Assim como outros motivos para abandonar o carrinho, como preço do frete.

  1. Custo de Aquisição de Cliente (CAC)

O CAC é, em resumo, o custo que você terá em conquistar um novo cliente a cada estratégia. Medir KPIs sobre custo de aquisição do cliente se dá pelo seguinte: soma do valor investido numa estratégia de marketing e depois dividi-lo pelo número de clientes adquiridos durante uma semana, um mês, um ano, ou outro período.

  1. Valor do tempo de consumo (LTV)

Os KPIs para o LVT de um cliente são o valor do “tempo de vida” que um consumidor passa comprando e se relacionando com a marca. Esse tipo de KPI e a sua mensuração é feita, portanto, com o ticket médio calculado e este multiplicado pelo tempo de retenção. Por sua vez, o tempo de retenção é o tempo de relacionamento e o número de compras.

  1. ROI

O ROI de um e-commerce é um indicador que te mostra o retorno do seu investimento no negócio online. Fica fácil, então, entender que os KPIs sobre o ROI formam o cálculo de todos os gastos num e-commerce atualmente, inclusive o setor de marketing. Para isso, você irá subtrair a receita (r) dos custos (c) e em seguida dividir pelos custos multiplicados por 100 (r – c / c * 100 = ROI (em %).

  1. Número de vendas

Você também, pode focar seus KPIs para medir o número de vendas, também chamados de indicadores de receita de um e-commerce. O cálculo é simples, feito ao obter a quantidade de pedidos na plataforma ou valor que foi faturado no período que desejar.

10. Taxa de aprovação de pedidos

Os KPIs te ajudam a medir a taxa de aprovação de pedidos, que nada mais é do que a porcentagem das vendas concluídas dividida pelo número de pedidos, e o resultado multiplicado por 100. É indicado para você manter o controle dos pedidos que são realmente concluídos, pois muitas vezes surgem boletos expirados ou uma compra no cartão de crédito não aprovada.

Na verdade, o uso dos KPIs certos irá depender da sua empresa, do nível em que ela se encontra e dos objetivos. É melhor usar de dois a três por um tempo estipulado, e não todos de uma só vez. Mas aprofunde seus conhecimentos sobre indicadores e métricas de um e-commerce ao ler outros conteúdos do Jornal do Marketing. Dê uma olhada no nosso portal e encontre mais dicas como estas!