Auxiliar e-commerce: quem é e o que faz?

Sumário

Posts relacionados

Auxiliar e-commerce: quem é e o que faz?

Auxiliar e-commerce: quem é e o que faz?

Com a expansão do comércio eletrônico, novas profissões como a de auxiliar e-commerce surgiram em decorrência da evolução e do aumento da competitividade do mercado em questão.

Embora seja um cargo de assistente, o auxiliar e-commerce pode desempenhar um papel fundamental para o prover melhorias em uma loja virtual. Nesse contexto, contratar um profissional da área ou se especializar para ser um pode ser o próximo passo para evoluir no mercado de trabalho.

Quem é o auxiliar e-commerce?

O auxiliar e-commerce é o profissional que oferece suporte nas diversas áreas do comércio eletrônico para garantir o funcionamento e produtividade de uma loja online. No geral, o profissional fica responsável em:

  • Elaborar a listagem de produtos na plataforma;
  • Organizar e administrar o estoque;
  • Se comunicar com fornecedores;
  • Separar e embalar os pedidos;
  • Enviar os itens;
  • Atendimento ao cliente;
  • Criar anúncios nas redes sociais e no Google.

Em linhas gerais, o cargo de auxiliar e-commerce é indispensável por diversos motivos, especialmente para prover melhorias em relação à produtividade da empresa, visto que diversos empreendedores trabalham sozinhos ou possuem uma equipe pequena de colaboradores.

No que se refere a empresas maiores, os profissionais podem atuar em áreas específicas, como no marketing digital, por exemplo. Esse fator contribui para melhorias no alcance da empresa, bem como no reconhecimento de marca, essencial para empresas situadas no mercado eletrônico ou fora dele.

O que faz o auxiliar e-commerce?

Também conhecido como assistente e-commerce, o auxiliar e-commerce exerce algumas funções essenciais para o bom funcionamento de uma loja virtual. Por este motivo, independente do porte de uma empresa, é essencial que ela possa contar com as habilidades de um auxiliar e-commerce para auxiliar no crescimento da empresa. 

O que faz o auxiliar e-commerce?
Fonte/Reprodução: original.

Normalmente as suas responsabilidades compreendem desde a postagem de novos produtos a execução e desenvolvimento de estratégias eficientes de marketing, que inclui a criação de conteúdo para e-mail marketing, preparação de banners e a publicação de postagens nas plataformas de mídia social. Algumas das principais responsabilidades de um assistente e-commerce também inclui:

Produção de fotos e vídeos de produtos

Um aspecto crucial da função de auxiliar no comércio eletrônico é a produção de fotos e vídeos de produtos voltados para o site e para as mídias sociais. No contexto do e-commerce, o conteúdo visual é essencial para o desempenho das vendas e do seu crescimento.

Ao apresentar os produtos por meio de fotos e vídeos que transmitam ao máximo a beleza e funcionalidade do produto, o auxiliar pode contribuir para a melhora da experiência de compra do cliente, podendo ser um fator indispensável para a decisão de compra.

Cadastro de produtos na plataforma

Outra tarefa que pode ser atribuída para o assistente de e-commerce é o cadastro dos produtos na plataforma. Essa é uma ação simples, mas que pode ser demorada a depender do tipo de produto e quantidade.

O processo de cadastro envolve a inclusão de produtos, bem como as suas informações relevantes como valor, tamanho e outros para que eles sejam disponibilizados aos clientes online. 

Processo de embalo e envio

Um dos processos mais cansativos e demorados do cenário do e-commerce é o de embalo e envio. Por este motivo, muitos proprietários de lojas online optam pela terceirização desse serviço.

Em muitos casos, especialmente quando existe uma maior demanda de serviços devido ao grande volume de vendas diárias, semanais e mensais, é necessário contar com a ajuda de um auxiliar.

Atendimento ao cliente

Embora seja possível automatizar o atendimento ao cliente através do site ou aplicativo, um atendimento mais humano pode ser um diferencial do seu negócio. É aí que o assistente pode entrar.

Essa questão também possibilita a agilidade de processos e do atendimento, que pode contribuir para a decisão de compra, visto que o cenário atual do mercado é bastante competitivo.

Atualização de banners

A atualização de banners e outras comunicações visuais do site podem ser tarefas  atribuídas ao auxiliar. Ainda que seja um processo simples e rápido, é comum que a ação seja esquecida.

Banners de promoções sazonais e outros podem ser atualizados periodicamente por profissionais da área do e-commerce. Esse processo é crucial e pode dar espaço para que os demais setores da empresa foque nas outras demandas.

Monitoramento de dúvidas e reclamações nos canais de atendimento

As funções de um assistente no cenário do comércio eletrônico podem envolver muitas outras, além do marketing digital, atendimento ao cliente e outros. O monitoramento de dúvidas e reclamações dos clientes nos canais de atendimento da loja, é um fator importante para que o público-alvo entenda que a loja se importa com suas opiniões, aumentando a satisfação dos clientes.

Monitoramento de dúvidas e reclamações nos canais de atendimento
Fonte/Reprodução: original.

Com o monitoramento de canais, o assistente e-commerce pode resolver problemas e tirar dúvidas dos compradores. A ação de analisar feedbacks é fundamental para construir um relacionamento duradouro com os clientes e fortalecer o reconhecimento de marca.

Quanto ganha o auxiliar e-commerce?

De acordo com o site de empregos vagas.com.br, o salário de um auxiliar e-commerce pode variar em torno do valor mediano de R$ 1.404,00 ou de R$ 1.705,00. E, conforme a Catho, um assistente pode ganhar em média R$ 1.688,56, no qual os ramos que normalmente pagam mais incluem:

  • Comércio atacadista;
  • Prestadora de serviços;
  • Comércio varejista;
  • Recursos humanos.

Além disso, entre todos os estados, o que mais se destaca por oferecer um bom salário a um auxiliar é o de São Paulo e em segundo fica o Paraná, para logo em seguida vir o de Minas Gerais. 

Vantagens de ser um auxiliar e-commerce

Ser um assistente e-commerce pode trazer uma série de vantagens para quem opta pela carreira. Conforme o cenário do comércio eletrônico evolui e cresce em conjunto com as novas tecnologias, os assistentes podem direcionar suas habilidades para assumir responsabilidades que podem contribuir para o crescimento no mercado de trabalho.

Em linhas gerais, suas funções podem ser vantajosas para que ambas as partes prosperem e alcancem seus objetivos. Algumas das principais vantagens que pode ter ao se tornar um assistente e-commerce englobam:

Possibilidade de trabalhar em casa

A depender das tarefas que o proprietário da loja virtual deseja atribuir ao assistente, esse trabalho pode ser exercido em casa, especialmente se ele envolve atividades que podem ser feitas à distância, como atendimento ao cliente. Trabalhar em casa tem sido uma realidade de muitas pessoas e no comércio eletrônico não é diferente. 

Possibilidade de evoluir no mercado de trabalho

Essa é uma excelente oportunidade para pessoas que buscam ingressar no mercado de trabalho e evoluir conforme adquire novas habilidades e conhecimentos sobre a área de atuação.

Para isso, é necessário se manter sempre atualizado sobre as tendências do mercado, sobre principalmente as novas tecnologias, que podem ser implementadas para melhorar a produtividade.

Simplicidade para começar

Para ser um assistente de e-commerce, não é necessário ter pós-graduação, mestrado ou doutorado. Além disso, muitas empresas não exigem nível superior, embora algumas exigem que o candidato esteja cursando ou tenha cursado Comunicação e Publicidade. 

Por isso, esse é um mercado mais simples de começar que outros também bastante conhecidos. Se você tem interesse em começar, pode procurar por vagas em sites de emprego.

Facilidade nos processos

Se você possui conhecimento e habilidades necessárias relacionadas ao e-commerce, pode exercer suas tarefas com bastante facilidade, pois diversas atividades que normalmente são atribuídas aos assistente são simples de serem realizadas.

O auxiliar e-commerce é um profissional que tem como principal finalidade oferecer o suporte adequado para lojas online. Alguns dos principais aspectos envolvem a análise de dados, desenvolvimento de estratégias de marketing, processo de envio, atualização de banners, atendimento ao cliente e monitoramento de reclamações e dúvidas dos clientes e muitos outros.