Persona: Como Criar e Utilizar Personas para Melhorar sua Estratégia de Marketing e Comunicação

Sumário

Posts relacionados

Persona: Como Criar e Utilizar Personas para Melhorar sua Estratégia de Marketing e Comunicação

Persona: Como Criar e Utilizar Personas para Melhorar sua Estratégia de Marketing e Comunicação

O conceito de persona é extremamente importante para que empresas tenham sucesso em seu marketing. A sua principal utilidade está em possibilitar para a empresa o entendimento das pessoas que consomem os produtos vendidos, fator essencial no cenário competitivo atual.

Quando o marketing digital começou a ganhar mais poder, compreender as diversas personas existentes se tornou quase um pré-requisito para uma boa empresa. Isso acontece devido à capacidade que o conceito tem de guiar o empreendedor aos clientes corretos e mostrar qual tratamento esses consumidores precisam receber.

Entretanto, para compreender uma persona corretamente, há uma série de conhecimentos necessários que seu time precisa ter em mente. Dessa forma, seus produtos, abordagens e todos os setores responsáveis pelo funcionamento da empresa vão caminhar em direção ao sucesso.

A importância das personas no marketing e comunicação

As personas são importantes para permitir que o negócio se comunique corretamente com o cliente. Através dos dados coletados e entendimento das pessoas que consomem o seu produto, é possível guiar conteúdos mais eficientes, garantir maior satisfação e causar um ótimo crescimento para o negócio, objetivo final de toda empresa.

Entendendo o Conceito de Persona

A Persona tem diversas definições. Na psicologia, por exemplo, ela se define como uma personalidade que as pessoas expressam para os outros que, em muitos casos, se opõe à versão verdadeira. No teatro, a persona significa o papel que o ator assume e interpreta durante a peça, filmagem e afins.

Definição de persona e sua aplicação no marketing

É possível entender uma persona como um modelo de cliente ideal de um negócio. É como se a maior parte do público-alvo de um negócio fosse extraído e transformado em um tipo de cliente com certas características que representam o nicho de consumidores em que suas estratégias podem aplicadas de forma mais assertiva.

Diferença entre persona, público-alvo e segmentação

Um cuidado muito importante é entender a diferença entre persona e público-alvo. Enquanto o público-alvo é uma parcela mais geral de seus clientes, uma persona se trata de uma parte bem mais específica das pessoas consumidoras.

Diferença entre persona, público-alvo e segmentação
Fonte/Reprodução: original.

Para este texto, por exemplo, o público geral são pessoas que estão interessadas em compreender o conceito de persona e aumentar as vendas. A persona deste texto, no entanto, seria a Alícia (nome de alguém imaginário) que administra um blog e deseja entender os gostos predominantes de seus leitores para anunciar produtos com maior chance de conversão de vendas.

A segmentação, por fim, seria a divisão de dados para se analisar com o objetivo de escolher os melhores clientes para a empresa. Existem 4 tipos mais usados:

  • Segmentação geográfica;
  • Segmentação demográfica;
  • Segmentação comportamental;
  • Segmentação psicográfica.

A geográfica coleta informações sobre os clientes através da localização deles no globo. Por exemplo, se sua maior parte se concentrar em ambientes frios, as necessidades desses consumidores terão maior foco em produtos que aqueçam. 

A demográfica, por sua vez, utiliza de fatores sociais variáveis para analisar os clientes. Logo, ela divide os clientes de acordo com sua renda, idade, tamanho da família e diversos outros dados para entender como os produtos da empresa podem atingir essa faixa.

A comportamental analisa os clientes com base em seus comportamentos e tomadas de decisões. Essa segmentação é muito utilizada para períodos de maior compra, como, por exemplo, Natal, Festa Junina e afins.

Por último, a psicográfica divide os clientes com base nos aspectos psicológicos e estilo de vida. É o caso das lojas de roupas modernas, por exemplo, que apostam no desejo dos clientes de inovarem e serem diferentes através do seu estilo de vestimenta.

Muitos podem ter dúvidas a respeito de qual segmentação usar. Bem, o interessante é que se aplique um pouco de cada conceito de acordo com o que seu negócio permite e as necessidades dele. Através disso, é possível aproveitar das vantagens de cada conhecimento.

Benefícios de utilizar personas

Como você notou, a principal ideia da persona é ter uma noção precisa do funcionamento dos clientes que se interessam pelo produto de sua empresa. Por isso, os benefícios se concentram em:

  • Conhecer melhor os clientes;
  • Mais efeito nas estratégias;
  • Maior satisfação dos clientes;
  • Crescimento da empresa.

O primeiro benefício é que o uso das personas permite um maior conhecimento dos clientes. Como é feita uma análise profunda de dados, é possível concluir diversos padrões que aparecem nos consumidores e, dessa forma, compreender como tratar aqueles clientes.

As estratégias se tornam eficientes justamente pela equipe saber como os clientes precisam ser tratados naquele negócio. Isso permite que menos energia seja gasta em abordagens falhas e também direcionar o foco direto para as chances maiores de converter vendas.

Os clientes também saem mais satisfeitos com o uso das personas, já que eles se sentem compreendidos e atendidos da maneira correta. Esse fato contribui também para o aumento das vendas e a formação de uma sólida clientela.

O crescimento da empresa, por fim, é uma consequência final de todos os pontos anteriores, que se dá pelo aumento de vendas como pela capacidade de inovação que o negócio ganha. Como você pôde notar, esses benefícios são indispensáveis para qualquer empresa que busca evoluir, crescer e se manter saudável no mercado.

Como Criar Personas Eficientes

A criação de personas eficientes precisa levar em conta uma série de dados que revelem como boa parte de seu público se comporta. Por isso, seguem 3 pontos essenciais para a criação de qualquer tipo de persona.

Pesquisa e análise de dados do público-alvo

O primeiro ponto é analisar e pesquisar de maneira inteligente informações sobre o público-alvo do seu negócio. Como esse dado revela um panorama geral de seus clientes, é possível entender qual persona vai aparecer com mais frequência e adaptar as etapas do seu negócio para agradar a esses consumidores mais promissores.

Identificação de características demográficas, comportamentais e psicográficas

Identificar características desse tipo como as localidades, os comportamentos, estado civil e outras é essencial para que seu negócio dialogue com seu cliente de forma apropriada. Essas informações saem diretamente das formas de segmentação explicadas anteriormente. Portanto, ter conhecimento disso garante que o seu produto tenha a eficácia necessária para o público a que foi direcionado.

Identificação de características demográficas, comportamentais e psicográficas
Fonte/Reprodução: original.

Por exemplo, se seu público-alvo são homens e mulheres de 40 anos, ansiosos, divorciados e que moram em certa localidade, a linguagem que trará uma venda será de uma certa maneira. Porém, se algum desses dados mudar, caso a maioria do público seja casada, por exemplo, a forma de se comunicar precisa seguir as alterações necessárias.

Elaboração de perfis de persona detalhados e realistas

Por fim, o último passo é elaborar os perfis detalhados com base nos dados reais coletados. Isso vai ajudar a sua empresa a garantir que o produto seja bem recebido pela maior parte do público que se interessa. Se a persona que predominou nas pesquisas foi a de um homem solteiro, interessado em filmes de certa localização geográfica, seu produto precisa se comunicar com esse cliente. 

Note como a elaboração de perfis precisa estar de acordo com a realidade mostrada nos dados. Portanto, capacite bem sua equipe tanto para realizar a leitura dos dados expressos como estimular a capacidade criativa deles de utilizar as informações para as estratégias.

Aplicando Personas em sua Estratégia de Marketing e Comunicação

Com o conhecimento de como as personas atuam em seu negócio, é necessário entender como aplicar esses conhecimentos. Os 3 pontos abaixo vão ensinar você a compreender a maneira de relacionar os dados obtidos das pesquisas sobre personas junto com o modo de trabalho de seu negócio.

Adaptação do conteúdo e mensagem para diferentes personas

Adaptar os diversos conteúdos é uma das aplicações primordiais para entender o uso das personas. Quando se conhece qual é o perfil que mais predomina em seu negócio, é necessário criar conteúdos apropriados que agradem a essa parcela.

No entanto, conforme já foi explicado, é possível que mais de uma persona seja predominante em seu negócio. É preciso personalizar conteúdos para essa parcela também e, dessa forma, garantir o máximo de satisfação possível dos clientes.

Segmentação e personalização de campanhas de marketing

A segmentação e personalização das campanhas são duas etapas bem interessantes para a aplicação dos conhecimentos de persona. Segmentar significa, conforme já explicado, separar os clientes de acordo com dados obtidos com pesquisas. 

Personalizar as campanhas significa utilizar todos os dados obtidos com o objetivo de atrair clientes com maior chance de compra. Através dessa combinação, a empresa pode utilizar o seu modo de trabalhar com as pessoas corretas e, dessa forma, ter maiores chances de se estabilizar e crescer no mercado.

Análise de métricas e ajustes com base nas personas

Analisar e interpretar os dados coletados de acordo com as personas é uma tarefa de extrema importância porque além de ser a etapa final, é a definidora das ações futuras da empresa. Através dos conhecimentos dos clientes, é possível entender a eficácia da estratégia aplicada, quando é necessário fazer melhorias e quais devem ser feitas.

Exemplos de sucesso e aprendizados no desenvolvimento e uso de personas

Com todos os conhecimentos expressos neste artigo, seria interessante observar alguma empresa que já utilizou dos conceitos e obteve sucesso, certo? Os exemplos de empresas que listamos abaixo colheram os benefícios do uso de personas em seus negócios.

Netflix

Com a grande revolução que as plataformas que transmitem séries causaram, a Netflix é um grande exemplo para o uso de personas. O público-alvo dessa empresa são pessoas que gostam de assistir conteúdos sem sair de casa e as personas são atingidas nas categorias como documentários, filmes, animes e outros.

Apple

Essa é, sem dúvidas, uma das empresas que mais utilizam o conhecimento de personas para criar aparelhos eletrônicos que agradassem a maior parte dos clientes. Como a demanda do público-alvo sempre foi por aparelhos que facilitam diversas funções como comunicação e lazer, a Apple utilizou desses conhecimentos para produzir seus produtos.

O resultado disso é que a empresa investe em uma constante demanda por inovações e novas funcionalidades em seus aparelhos a fim de atender seus clientes. Todos esses dados só foram coletados porque a Apple conhece o público que consome seus produtos e o perfil predominante de consumidores, o que encaixa com a definição de público-alvo e persona já comentada.

5 ferramentas e aplicativos úteis para criação e análise de personas

Devido à importância de formar personas diferentes, diversas ferramentas surgiram para auxiliar as empresas nesta tarefa. Neste quesito, destacam-se 2 principais que além de serem simples de usar, atendem às principais demandas dos negócios atuais.

Google Analytics

O Google Analytics já é uma das ferramentas mais conhecidas pelas empresas de marketing e é capaz de revelar diversos dados sobre o público que interage com seu site. A criação de personas através dessa ferramenta é gratuita, bastando apenas acessar a aba de Público-Alvo e clicar em Visão Geral. 

Nesse local há diversas informações importantes sobre seus clientes como país, cidade, sistema operacional e plataforma que se usa para acessar um site e afins.

SEMRush

O SEMRush é muito parecida com o Analytics, com a diferença de que o SemRush é uma plataforma paga. Ela conta com análises muito precisas e, com uma opção muito interessante, a capacidade de comparar o seu site com o da concorrência. Através disso, é possível criar uma persona mais adequada para lidar com as disputas.

Formulários do Google

Através dos formulários do Google, é possível guiar pesquisas e obter dados interessantes sobre as pessoas que têm acesso ao seu negócio. Alguns exemplos de informações úteis que os formulários podem oferecer são:

  • Idade;
  • Localização;
  • Preferências;
  • Renda.

Como os formulários do Google são gratuitos, é possível utilizar de maneira inteligente essa ferramenta para entender o cenário de seu negócio. Não é à toa que o recurso é muito utilizado para TCCs devido a sua praticidade e versatilidade nas diversas situações.

Typeform

O Typeform é outra ótima ferramenta para criar questionários únicos e, dessa forma, obter informações valiosas a respeito dos clientes a fim de formar personas. A ferramenta possui uma versão gratuita, com a limitação de 10 perguntas por questionário e apenas 10 respostas coletáveis por mês, enquanto as versões pagas diminuem as limitações.

Vale dizer que a plataforma está disponível apenas em inglês ou espanhol e os preços dos planos são cobrados em Euro, fator que pode pesar no orçamento.

SurveyMonkey

Por último, a plataforma SurveyMonkey oferece serviços que são capazes de formular perguntas e questionários através de uma Inteligência Artificial bem eficiente. Através dela, os questionários saem mais completos, além da plataforma não ser difícil de manusear.

2 sugestões de comunidades e grupos para discussão e compartilhamento de conhecimentos

Por fim, um último ponto para entender bem as personas que consomem o seu negócio é a formação de comunidades. Através delas é possível obter feedbacks e entender como o outro lado da negociação, no caso o cliente, enxerga a sua empresa. Seguem 2 sugestões para você formar a sua comunidade e ter informações preciosas sobre o seu negócio.

Redes sociais

As redes sociais são canais perfeitos e essenciais para coletar dados com mais facilidade. Como as avaliações ocorrem por meio de curtidas, compartilhamentos e impressões, é possível interpretar essas informações e avaliar como se encontra a reputação da empresa nesse cenário, já que o maior desafio é obter atenção das pessoas. YouTube e Facebook são os principais exemplos disso.

Aplicativos de mensagens

Os aplicativos de mensagens são extremamente objetivos e permitem uma comunicação direta com os clientes. Além disso, o uso de apps como WhatsApp permite a interação dos consumidores com outros, o que é bem-vindo quando se trata de reunir informações sobre a qualidade dos trabalhos da empresa.

Entender o conceito de persona e aplicar em sua empresa, apesar de longo, não é tão trabalhoso e rende excelentes resultados para o negócio que o adota. Espera-se que o texto tenha sido proveitoso e que você possa colher os frutos desses conhecimentos durante a aplicação em sua empresa.