Evitando a Enrolação: Como Produzir Artigos Incríveis e Concisos

Sumário

Posts relacionados

Evitando a Enrolação: Como Produzir Artigos Incríveis e Concisos

Evitando a Enrolação: Como Produzir Artigos Incríveis e Concisos

Ter objetividade nos textos e assim evitando a enrolação é fundamental para entregar artigos consistentes, que tirem dúvidas sobre qualquer informação do leitor e tornem a experiência dele sempre positiva conforme lê o conteúdo.

A produção de artigos, embora pareça simples e rápida, requer muita observação e atenção para controlar qualquer erro que surja no meio do caminho e, ainda assim, é possível que pequenos problemas passem despercebidos por você. Porém, há como evitá-los e o Jornal do Marketing te explica como!

Identificando a “linguiça” nos artigos

A “linguiça” presente nos artigos é identificada com a leitura das informações, em que há excesso desnecessário de palavras em um mesmo tópico, que não agregam em nada o exposto, ou seja, enrolação.

Identificando a “linguiça” nos artigos
Fonte/Reprodução: original.

Em muitas ocasiões, a linguiça pode estar no começo do que deveria ser uma resposta que só é encontrada apenas no final do período. Geralmente, o termo mais utilizado é tangenciação, em que o redator desvia do assunto principal e retorna com a resposta aleatoriamente na conclusão.

O que é “encher linguiça”?

Estender um detalhe com dados irrelevantes é mais conhecido como “encher linguiça”, principalmente quando se desconhece o tema e tem pouco domínio sobre o que deve ser escrito, impossibilitando entregar dados concisos ao leitor não evitando a enrolação.

Por que “encher linguiça” é um problema?

O “enchimento de linguiça” quando aplicado desnecessariamente, faz o usuário cansar de ler o texto e procurar o mesmo conteúdo em sites concorrentes. Quanto menos tempo as pessoas permanecerem na sua página, menos o mecanismo de busca recomenda o conteúdo aos demais leitores.

Sinais de que você está “enchendo linguiça”

Se você leu o seu texto e percebeu que muitas informações são pouco objetivas ou repetitivas, significa que o artigo contém dados irrelevantes que não o tornam coeso e fácil de ser lido.

Além disso, textos em blocos com mais de cinco linhas são cansativos para os leitores, porque contém dados jogados em excesso e, em muitas vezes, são apenas “enchimento de linguiça”.

Planejamento eficaz

Ao escolher um texto para escrever, se planeje para definir o que melhor combina com o seu perfil e conhecimento. A leitura das informações ajuda a pensar brevemente sobre o que falar, evitando a enrolação efetivamente.

Se planejar é fundamental para entregar os melhores textos e torná-los verdadeiros diferenciais na internet, ajudando pessoas a tirarem dúvidas e a fazê-las permanecerem ativas no seu site, lendo outros artigos.

Escolha do tema e foco

Procure um tema que seja do seu conhecimento para escrever, avaliando o que nele é solicitado antes de redigir. Foque em cada tópico e como ele pode ser construído concisamente, evitando a enrolação em parágrafos. 

Definindo um objetivo claro para o artigo

Quando você realizar a leitura dos headings, pense no que deve ser respondido em cada parágrafo e como as informações podem se completar sem que fiquem deslocadas. A primeira resposta é a principal e mais importante, seguida de curiosidades relevantes explicadas em no máximo quatro linhas.

Pesquisa e seleção de informações relevantes

A pesquisa é o ponto forte de qualquer texto e com novas informações condizentes ao tema, você sabe a forma de fortalecer o seu artigo, evitando a enrolação e enriquecendo o conteúdo com dados confirmados por fontes seguras.

Estruturação de um esboço

No processo de escrita você tem a liberdade de montar o seu rascunho como desejar, avaliar como os dados podem ser organizados para melhorar a explicação e fortalecer a sua ideia, além de facilitar a leitura para os usuários.

Escrita clara e objetiva

Com uma boa escrita, fácil de ler, que entrega as informações desejadas ao leitor, o seu artigo se torna perfeito por atender as necessidades daqueles que precisam de uma resposta rápida. 

Além disso, o fato de estar evitando a enrolação possibilita que mais usuários acessem o seu site porque o Google entende que o seu conteúdo é útil e o entrega para novas pessoas. Através das recomendações, o tráfego orgânico aumenta, você melhora as suas taxas de conversão gradualmente e fideliza os leitores.

Frases curtas e diretas

Não é necessário que as suas frases sejam muito longas para explicar uma informação. Frases curtas são mais precisas evitam possíveis erros e previnem a enrolação nas respostas, sendo mais agradável para as pessoas e o buscador.

Vocabulário simples e preciso

Construa textos com um vocabulário simples, para o usuário entender o que é explicado. Procure ser preciso, evitando a enrolação e tendo cuidado para não montar um artigo acadêmico para públicos de classe B, C, D, por exemplo. 

Uso adequado de parágrafos

No momento de escrever o seu primeiro parágrafo, avalie se é preciso complementar um segundo ou terceiro e o que nele poderia conter. Se você responder com as informações solicitadas e finalizar com três linhas, não é necessário usar novos tópicos que não agregam porque isto o faz cair no problema de repetição.

Evitando repetições e redundâncias

As repetições de informações são comuns quando não se observa a ideia das headings e nem o que você explicou. Durante a sua escrita, verifique o que já foi dito, tendo cuidado também com redundâncias e pleonasmos, como:

  • Você deve preparar o seu artigo antes com antecedência;
  • Há uma semana atrás você publicou um artigo;
  • Faça a conclusão final do artigo;
  • Realize o panorama geral do site.

Estas são características de enrolação no texto porque todas as palavras entregam as mesmas informações e podem ser usadas uma única vez. Cuidado com o uso de antecipar, de conclusão, de “há uma”, relendo sempre estas palavras para compreender o que ela significa e controlar possíveis vícios linguísticos de conversas informais.

Desenvolvendo um argumento sólido

No momento de desenvolver o corpo do texto, se mantenha focado no que escreve para evitar possíveis contra-argumentos e proporcionar ao leitor informações verdadeiras, que o ajudam entender o tema.

Desenvolvendo um argumento sólido
Fonte/Reprodução: original.

Caso você desconheça do assunto e gostaria de se preparar para escrevê-lo, é fundamental pesquisá-lo para saber do que se trata e o que os títulos e subtítulos solicitam para você. Estas são formas de estar evitando a enrolação para entregar um texto consistente e não raso.

Construindo uma tese consistente

A ideia principal do texto precisa ser bem desenvolvida, trazendo informações relevantes que complementem a sua linha de raciocínio. A tese se inicia na introdução sendo encerrada na conclusão e, durante este processo, acompanhe o que está escrevendo para não se contradizer.

Apresentando evidências e exemplos concretos

Enquanto você escreve o seu texto, verifique se as informações apresentadas condizem com o que é explicado, principalmente se for um artigo de saúde. O leitor precisa entender se determinado fato é verdadeiro por meio de comprovações científicas e com linkagem externa, se necessário.

Refutando possíveis contra-argumentos

Busque por fontes legítimas que dispõem de dados verdadeiros e refutem os demais dados apresentados em sites concorrentes. Faça a comprovação ao citar trechos de especialistas e de outros profissionais para mostrar ao leitor que o seu conteúdo é seguro e preza pela verdade.

Evitando falácias lógicas e argumentos fracos

As falácias, embora aparentem possuir lógica, não apresentam um fundamento concreto e você não pode usar esse tipo de informação em seu texto. Caso contrário, a sua argumentação se enfraquece, entregando pouca confiança no que é falado ao leitor.

Revisão e edição

O processo de revisão é muito importante para você reler o que escreveu, analisar se os dados conferem com as suas referências, além de detectar possíveis erros gramaticais, ortográficos, de concisão e enrolação.

Para estar evitando a enrolação, avalie se os parágrafos se completam ou se as ideias devem ser alteradas para melhorar a linha de raciocínio. Se você perceber que um dos tópicos não agregam, remova e encerre para não tornar o artigo maçante.

A importância da revisão

Com a revisão você captura possíveis erros, diminui as chances de enrolar o leitor e melhora o artigo, proporcionando uma leitura agradável e enriquecedora para aquele que procurou o seu conteúdo.

Técnicas de autocorreção e revisão por pares

A autocorreção do texto deve ser feita com uma leitura em voz alta para encontrar possíveis irregularidades, entender se os períodos se conectam e não estão confusos. Com auxílio de outros revisores, você também pode descobrir se existem problemas que passaram e assim conseguir consertá-los para deixar o artigo compreensível.

Eliminando informações desnecessárias

Durante a sua leitura, faça a remoção de trechos que não alteram o texto para melhor. Verifique cada parágrafo e como eles se complementam, o que pode ser modificado para entregar um dado extra e enriquecer o seu argumento.

Buscando feedback e ajustando o texto conforme necessário

No momento em que um revisor pega o seu artigo para ler, ocorre uma observação mais detalhada e crítica. Peça feedbacks para o responsável e saiba onde você errou e faça as alterações, conforme apontadas, e assim ficar atento para as próximas produções.

Recapitulação das principais estratégias

Na hora de escrever o seu texto, leia as headings com calma para entender o proposto. Pesquise as informações com calma, lendo em várias fontes até adquirir entendimento geral sobre o artigo.

Enquanto escreve, observe o que é acrescentado nos períodos para não enrolar ou tangenciar. Se você estiver com dúvidas ou pouco confiante, procure sites mais confiáveis que falem sobre o conteúdo com uma linguagem simples para ajudá-lo a redigir o seu material.

Recursos adicionais para Produzir Artigos Incríveis e Concisos

A escrita é um processo construtivo que necessita de treino e observação para entregar sempre artigos de qualidade. Para ter uma ajuda no processo, conte com ferramentas extras para melhorar o seu desempenho.

Com novos recursos ao seu favor você observa com mais criticismo o seu texto, encontra falhas e consegue controlá-las em futuros artigos, além de contar com ajuda de revisores e os devidos feedbacks.

Ferramentas e aplicativos úteis para escrita e revisão

O aplicativo Clarice AI é uma das principais opções de quem deseja construir ótimos textos e desenvolver os parágrafos com perfeita sintonia. A ferramenta te ajuda a tornar o artigo mais preciso, objetivo e agradável de ler

A extensão LanguageTool é responsável por detectar erros de estilo, redundâncias, frases-feitas, pleonasmos e entre outros. As marcações feitas abaixo das palavras auxiliam a entender o erro e, por meio de sugestões, você corrige e melhora a frase.

Exercícios práticos para aprimorar a escrita

A leitura em voz alta é o um dos principais e mais importantes exercícios de escrita para todos os escritores. É dessa forma que você encontra possíveis problemas entre períodos e os conserta para torná-los legíveis.

Além disso, lembre que o leitor precisa ter as respostas que procura rapidamente, portanto, o seu trabalho é também verificar se os seus parágrafos entregam as informações completas e se estão fáceis de ler.

Ter controle sobre o que você escreve é importante para não enrolar e fazer o leitor buscar por concorrentes. Ao estar evitando a enrolação, você previne o problema e melhora o engajamento do seu site nos mecanismos de buscas.