Entendendo o Conceito de E-commerce de Nicho

Sumário

Posts relacionados

Entendendo o Conceito de E-commerce de Nicho

Entendendo o Conceito de E-commerce de Nicho

O E-commerce de nicho trata-se da comercialização de produtos destinados a um público consumidor bastante específico. Ao invés de querer atingir um número mais variado de pessoas, ele foca em atingir uma parcela menos diversificada de indivíduos, assim, é uma forma de negociação que cresceu muito desde os avanços tecnológicos.

Este segmento de comercialização pode ser bastante útil para seu negócio online, pois caso ele não seja algo que atinja um público muito abrangente, a internet em seu alto alcance possibilita que encontre pessoas que se interessem pelos itens que sua loja oferta. Para saber como aplicar essa estratégia em seu e-commerce, acompanhe o resto do artigo com o Jornal do Marketing! 

O que é E-commerce de Nicho?

Esse termo, popularmente conhecido no marketing, corresponde ao segmento mercadológico destinado a comercializar com um público mais específico. Ele se diferencia do de massa, que por sua vez, tem como prioridade atingir um público mais diversificado e, consequentemente, alcançar uma quantidade de consumidores maior.  

Ele tem como principal objetivo oferecer produtos destinados a grupos sociais segmentados, na qual muitas vezes não conseguem ficar dentro da alta parcela do mercado de massa, mas que por outro lado, conseguem vender seus produtos para um público significativo. 

Em seu livro A Cauda Longa: Do mercado de massa para o mercado de nicho, o autor defende em 2005 a ideia de que a internet é um meio de comunicação que fortaleceu a proliferação de um mercado mais segmentado ao contrário do que era antes, na época em que a televisão e o rádio eram os principais meios de comunicação, na qual predominava mais os negócios mais “massificados”.

Dentro da sua  mencionada obra, Chris Anderson explica esse fenômeno por meio de uma representação gráfica que mostra a dispersão dos itens mais nichados em cada público alvo diferente. Enquanto o e-commerce massificado se concentra em alcançar uma alta quantidade de produtos para um aglomerado de pessoas maior, o e-commerce de nicho consegue atingir um número alto de produtos vendidos, mas para um conjunto de indivíduos mais separados. Confira abaixo:

O que é E-commerce de Nicho
Fonte/Reprodução: A Cauda Longa, 2005, página: 26.

No gráfico acima, Chris Anderson compara o catálogo de produtos do Walmart com o do streaming de música Rhapsody. Fica perceptível que a empresa de varejo possui um número menor de músicas para comercialização, tendo em sua lista de produtos faixas musicais que atingem um público maior, considerando os sons mais escutados. Isso ficou expresso pela parte do gráfico em pé.

Por outro lado, o Rhapsody tem mais músicas, que  possibilitam a eles conseguir atingir diferentes grupos de pessoas, um público mais nichado, que consomem determinadas faixas musicais que não estão presentes em meios de comunicação ou até mesmo em modelos de negócios mais massificados. Esse fator ficou bem representado pela parte do gráfico deitado. 

Sintetizando de forma simples, a parte do gráfico em pé, corresponde a um número pequeno de produtos que consegue abranger um grande número de pessoas de forma concentrada. Por sua vez, a parte deitada representa uma quantia maior de produtos, na qual alcança um público alvo mais disperso. O fato dele ser graficamente deitado e grande, fez com que o gráfico fosse denominado como “Cauda Longa”.

Quais são os E-commerce de Nichos mais lucrativos?

No tópico acima ficou perceptível a existência de inúmeros tipos de nichos diferentes, na qual são agrupados graficamente de forma dispersa. A partir disso, o grande desafio de muitos empresários é saber quais são os e-commerce de nicho que possibilitam lucros mais altos. 

Em um mundo tão globalizado e de vastas opções como o atual, conseguir encontrar um e-commerce de nicho lucrativo é uma tarefa bastante complexa. Para simplificar um pouco mais essa tarefa, a nossa equipe do Jornal do Marketing definiu quais padrões serão considerados no momento de decidir investir em um segmento de mercado.  Confira:

Número de Concorrentes

Ao escolher um segmento específico, o empresário precisa observar se a quantidade de concorrentes presentes no mercado são grandes. Caso não seja, é um bom indicativo, haja vista que com um número de concorrentes menor, a empresa consegue refinar suas atividades, além de atender melhor às necessidades de seus clintes.

Vale mencionar que uma boa estratégia inicial, é iniciar em um nicho de poucos concorrentes, mas ao longo do tempo começar a expandir cada vez mais. Um bom exemplo disso foi a Amazon, no qual inicialmente focava seu trabalho apenas na venda e distribuição de livros, mas depois começou a expandir para outras áreas; como roupas, calçados, eletrônicos e até alimentos.

Qualificação dos Consumidores

Um dos fatores mais importantes para escolher um e-commerce de sucesso é a qualificação do público consumidor dele, no sentido em que corresponde a possibilidade dos interessados pelo produto converterem seu desejo em compra. Como um negócio existe somente porque comercializa o que oferta, é imprescindível saber se seu nicho possui um número alto de pessoas que compram aquilo que se interessam.

Para isso, é imprescindível uma pesquisa de mercado antes de iniciar a atuar. Além de averiguar se o público daquele nicho costuma a comprar muitos produtos, também é importante saber o que eles sentem mais falta dentro do segmento, pois a partir daí o empresário pode incluir esses produtos em seu e-commerce.

 5 ideias de E-commerce de Nichos para investir

Após falar sobre itens a serem analisados para conseguir escolher um e-commerce de nicho, vamos falar sobre alguns nichos que valem a pena investir. Caso você ainda esteja indeciso em escolher qual nicho escolher para o seu negócio, essa lista pode agregar bastante.

5 ideias de E-commerce de Nichos para investir
Fonte/Reprodução: original

Antes de falar os nichos mais lucrativos para se investir, é válido mencionar que mesmo atuando em um segmento de mercado com um público mais focado, com um público alvo mais específico que possui menos concorrentes, é imprescindível que seu e-commerce execute um trabalho único e de qualidade, na qual agrega bastante valor ao ramo que quer atuar.

Moda

O ramo da moda sempre está em alta, haja vista que os indivíduos sempre estão necessitando adquirir novas peças de roupa, calçados e acessórios. Dessa forma, esse segmento de negócio vai persistir expandindo sempre. Principalmente pelo fato das pessoas estarem situadas em ambientes diferentes, nas quais precisam ter um aglomerado de roupas que caibam bem para o contexto em que vão se inserir.

Uma boa forma de aplicar esse ramo dentro do e-commerce de nicho, é separar um vestuário para um público específico. Por exemplo, a empresa varejista de roupas Piticas, vende peças de roupas e acessórios focadas ao público Nerd. Ela pega itens de necessidade de muitas pessoas, mas acaba focando seu comércio em um grupo específico.

 Beleza e cosméticos

O ramo de beleza e cosmético corresponde a um dos segmentos de mercado que mais crescem nos últimos anos. Levando em consideração o fato dele atingir um público majoritariamente feminino, no qual abrange mais da metade da população do mundo, isso  já mostra o quanto é poderoso. 

Dentro de um mercado muito abrangente, o segmento de beleza e cosméticos consegue cada vez mais caminhar para um público nichado. Um exemplo disso são os produtos comercializados pelas digitais influencers Bianca Andrade, Bruna Tavares e Mari Maria. Cada uma das personalidades mencionadas, possui uma linha de cosméticos que são focadas em atender exclusivamente grupos diferentes, baseada na personalidade do público que segue cada uma delas. 

Saúde e bem-estar

É inegável que, há muito tempo, as pessoas estão preocupadas em perder peso, várias vezes motivadas por conta da saúde e, também, outras por questões de aparência. E esse grupo está sempre buscando a dieta que está evidente, lista de exercícios, alimentos ou vitaminas benéficas para auxiliá-las na melhora da saúde.

Ele é um mercado amplo, mas que possibilita o foco em vários públicos diferentes. Uma empresa que atua nesse nicho, pode concentrar suas atividades na comercialização de produtos saudáveis, como a Mundo Verde. Outro caso também são profissionais que oferecem curso de exercícios físicos que melhoram o condicionamento físico, como o influencer Renato Cariani faz.

Brindes

Há um enorme crescimento da comercialização de brindes, muito disso por conta do aumento do número de novos negócios que vêm surgindo em nosso país. Atualmente, existem inúmeras empresas que buscam agradar e fidelizar os seus consumidores. Dessa forma, ofertar brindes acaba sendo uma forma de agradecimento.

A entrega de brinde dentro da atuação do marketing, acaba sendo exercido no momento do pós-venda, na qual responsável por fazer com que o consumidor saia mais satisfeito com a compra do produto, possibilitando assim com que aumente a probabilidade dele querer consumir novamente algum item da empresa.

Animais de estimação

Um fato consensual bastante perceptível é de que os indivíduos amam muito seus animais de estimação. E, certamente, como um bom dono de pet, é nítido a importância de cuidar do bichinho que você gosta tanto. Dessa forma, esse segmento de negócio tem crescido de maneira exponencial ao passar dos anos.

A partir do momento que as pessoas começaram a priorizar mais em oferecer uma vida de qualidade para seus animais, produtos como camas personalizadas, brinquedos, itens de higiene pessoal acabaram tendo o aumento na procura de pessoas interessadas em comprá-lo.

Após citar algumas ideias de e-commerce de nicho que valem a pena investir, recomendo você ir depois estudar mais sobre cada um deles, na qual poderão dar uma maior amplitude de seu funcionamento e como conseguir lucrar com eles. Reforçando novamente, independentemente do ramo que você quiser atuar, sempre tente ser o mais original possível.

Considerações Finais

Ao decorrer do texto ficou entendido como o e-commerce de nicho pode ser bastante lucrativo para os empresários, no qual consegue atingir um público alvo específico que muitas vezes torna-se fiel ao seu negócio, haja vista a baixa opção de empresas atuantes em um determinado segmento.

Outro fator importante a pontuar sobre o e-commerce de nicho, é que ele só foi possível de existir por conta da internet. Em contrapartida, a internet possibilita a existência de várias ferramentas digitais capazes de estocar um conteúdo vasto, capaz de alcançar um número exorbitante de pessoas, dos mais variados gostos. 

Dessa forma, proporciona a comercialização de produtos mais segmentados que consigam atingir um bom lucro. Para aprender mais conteúdos sobre marketing digital, acompanhe o Jornal do Marketing e fique por dentro de todas as novidades!