Como Melhorar a Navegação do seu Site de E-commerce

Sumário

Posts relacionados

Como Melhorar a Navegação do seu Site de E-commerce

Como Melhorar a Navegação do seu Site de E-commerce

Descubra 10 formas de otimizar a navegação de site de E-commerce do seu negócio para manter as pessoas engajadas no ambiente da sua loja virtual, confira!

Se você ainda não investiu numa navegabilidade web ou precisa de ideia para a navegação de site de E-commerce do seu negócio, saiba que é possível elevar o nível da sua página e conquistar os usuários. Uma loja virtual precisa ser de fácil acesso, para o visitante encontrar todas as informações que procura em poucos cliques. Então, seja o seu negócio pequeno ou grande, existem pontos a se considerar quando se deseja ter um site de e-commerce de sucesso.

Aqui no Brasil, diversos sites de comércio eletrônico são falhos em relação às pessoas que nem sempre conseguem finalizar uma tarefa ou achar o botão certo. Segundo pesquisas revelam nos últimos anos, existem barreiras na navegação de site de E-commerce que desanimam os consumidores a fazerem uma compra online.

Por isso, o processo de navegação e compra no site de e-commerce merece sua total atenção nesse momento, visto que é uma das formas para superar a ocorrência. Foi ao pensar nisso que o Jornal do Marketing traz nesse texto as melhores dicas que irão te ajudar a criar ou a melhorar a navegação do seu site de e-commerce. Confira!

O que é site de E-commerce?

Muitos negócios começam tradicionalmente como uma loja física e logo ingressam para o digital, pois um site de e-commerce é o comércio eletrônico com nome e endereço de domínio, o qual permite que os consumidores façam compras pela internet.

O que é site de E-commerce
Fonte/Reprodução: original

Da mesma forma, empresas podem vender seus produtos ou serviços, tudo numa única plataforma. Assim, a principal diferença entre uma loja física e um site de E-commerce é que as transações de compra e venda no e-commerce são inteiramente por navegação na internet e não pessoalmente.

Apesar desse tipo de negócio ser direcionado para maioria dos empreendedores com negócio online de vendas, saiba que existem, na verdade, outros tipos de e-commerce. Nesse caso, o mais popular é o formato business-to-consumer ou B2C. Logo abaixo, estão os tipos de sites de e-commerce para você entrar no clima de como melhorar a navegação de site de e-commerce conforme a sua empresa:

  • Business to consumer (B2C): um site B2C é aquele site onde se realizam trocas entre a empresa e o consumidor, como a compra de roupas numa loja que você segue na internet;
  • Business to business (B2B): o site B2B é uma plataforma que facilita a compra e venda entre duas empresas, como uma loja de roupas adquirir as peças de uma marca e linha específicas de outra loja atacadista online;
  • Consumer to business (C2B): é uma plataforma para transações de consumidor para a empresa, onde as pessoas podem oferecer seus produtos ou um serviço de qualidade. Um bom exemplo é um analista de Marketing Digital, com seu site C2B para promover seu trabalho em favor da navegação de site de E-commerce e outras estratégias de Marketing;
  • Consumer to consumer (C2C): um site de C2C possibilita que inúmeras pessoas vendam produtos de terceiros, lojas varejistas tenham seus produtos vendidos por parceiros, e estes ganham uma comissão. Ele também é chamado de marketplace, sendo o exemplo de marketplace mais famoso atualmente a Amazon;
  • Business to administration (B2A) e consumer to admninistration (C2A): esses dois tipos de sites de e-commerce são voltados para a empresa que faz uma troca com uma instituição pública. Enquanto um consumidor também pode fornecer serviços ou informações a um órgão do governo.
  • O formato digital do e-commerce proporciona que tanto empresas como consumidores realizem transações eletrônicas e ofereçam uma ampla gama de produtos físicos (roupas, livros, acessórios pessoais, móveis, etc.), produtos digitais (e-books, cursos online, músicas) e serviços.

O que é navegabilidade de site de E-commerce?A navegabilidade web ou navegabilidade de um site, é a facilidade de uma pessoa navegar pelas páginas do seu site ou loja virtual, independentemente do tipo de e-commerce. Isso já garante uma boa estratégia de Marketing Digital para uma compra ser realizada, por exemplo, pois o usuário consegue chegar na página exata por um caminho acessível.

Você pode imaginar que o seu site seja um hipermercado com várias seções de mercadorias, e o usuário (visitante do site pela primeira vez ou cliente frequente) seja o carrinho em busca dos itens de sua lista de compras. A boa navegação de site de e-commerce, a qual é refletida a navegabilidade, é uma questão que te mostra também as dificuldades de encontrar algo nas inúmeras opções dentro do site, assim como a boa estrutura para se andar num estabelecimento.

Qual a importância de melhorar a navegação de site de E-commerce?

O bom uso do SEO é um fator essencial para garantir o acesso facilitado pelo consumidor, e os profissionais e responsáveis pelo site devem aplicá-lo para que este consumidor tenha melhor experiência em sua jornada de compra. Não somente para fazer uma compra mas também chegar a determinada página com a informação de que precisa no momento.

Nesse sentido, a navegabilidade de site de e-commerce também serve para diagnosticar problemas que podem ser resolvidos no menu, nos links e categorias.

Além disso, a navegabilidade web é importante para o Google entender do que se trata cada página e apresentá-la ao indivíduo que pesquisar pelo tema, bem como para outros buscadores como o Bing.

E, então, a otimização constante melhora a navegação de site de e-commerce e aumenta as chances das URLs da loja virtual serem indexadas. Ou seja, serem organizadas pelo Google conforme sua relevância para o consumidor interessado.

10 Dicas para otimizar a navegação de site de E-commerce

O que um bom site de e-commerce precisa ter? Já vimos como a navegabilidade é importante para melhorar a navegação de site de e-commerce a partir do momento em que uma pessoa pesquisa um assunto ou produto no Google, ou Bing, até conseguir navegar pelo site da empresa tranquilamente.

10 Dicas para otimizar a navegação de site de E-commerce
Fonte/Reprodução: original

Mas o que isso significa em termos práticos para sua empresa? Nesse tópico, selecionamos as melhores 10 dicas para otimizar a navegação de site de e-commerce referente ao seu negócio. Acompanhe abaixo:

Monte um bom design para seu site

A primeira coisa que olhamos em um espaço é o seu visual, só depois o seu conteúdo. Se você já entrou em um estabelecimento sujo ou desorganizado, certamente preferiu não permanecer nele, pois isso não passou a imagem de ser convidativo. Já uma loja limpa e organizada tem tudo para ser acolhedora.

A mesma lógica vale para um site, já que o cliente deve navegar conforme o visual e indicações de onde está o que procura, sobre o que se trata a marca e a energia desse ambiente virtual.

Quando se trata de um site limpo e organizado, as pessoas entenderão que ele é bem gerenciado e cuidar do visual e design de excelência, otimiza a navegação, acolhe e resolve o problema. Prefira designs mais alinhados e comuns ao público, mas se você quiser montar um design diferente e inovado, faça de forma que fique bem interativo, com cores e formatos clicáveis.

Há quem goste usar cores escuras, mas lembre-se de colocar indicações, textos curtos que explicam qual opção escolher, colocar um “Clique aqui” ou botão de “Inscrever aqui”. Bem como a opção de “Adicionar ao carrinho”, que facilita o usuário a continuar navegando ou comprar mais itens. Trabalhe também as imagens e desenhos, o logotipo da sua empresa e o layout das páginas (como num quadro em que podemos pintar ou fazer colagens).

Utilize design amigável para smartphones

Os consumidores brasileiros usam a tecnologia móvel mais do que os computadores para fazerem compras pela internet e redes sociais, segundo dados do IBGE e pesquisa do Ipsos.

Então, as compras feitas pelo celular aumentaram nos últimos anos, e é por isso que a navegação de site de e-commerce deve ter um design responsivo que apresenta um layout único e agradável ao tamanho da tela do usuário. Veja o que fazer para deixar o design amigável para dispositivos móveis:

  • Usar tamanhos de fontes bons para a leitura, como 16 e 20 para o conteúdo em textos e 22 a 24 para os títulos;
  • Usar o básico de programação de sites para deixar o carregamento da página o mais rápido possível;
  • Utilizar design simples é melhor, com botões, formulários e layout minimalista, mas você pode ousar um pouco nas cores, evitando sombras e brilhos;
  • Evitar colocar várias colunas no site;
  • Crie atalhos para adicionar ao carrinho, se inscrever em um formulário ou e-mail, cadastrar no site, ou as opções “Mostrar mais” e “Leia mais” após uma curta descrição do assunto.

O design responsivo e esse tipo de otimização na navegação de site de e-commerce pelo celular e dispositivos móveis atende melhor o público que precisa de informações rápidas, está em movimento dentro do carro de aplicativo ou ônibus.

O Google também dá preferência em seu ranking para sites com design responsivo e design adaptativo, sendo este último aquele que facilita navegar de qualquer lugar, se adapta à tela de celulares e computadores.

Descrever detalhadamente os produtos

É importante fazer descrições claras e precisas dos seus produtos para o consumidor saber a decisão certa e compre um item que atenda às suas necessidades. Essa parte do site deve funcionar como uma venda em si, responder as principais dúvidas, mostrar todas as opções de cores, tamanhos e outras informações que o público-alvo procura. Veja o que colocar ao descrever os produtos:

  • Tamanho;
  • Peso:
  • Material usado na fabricação;
  • Textura;
  • Cores;
  • Descrição completa sobre como usar, onde usar e instruções.

Seja criativo ao falar sobre o que é o seu produto, os benefícios, garantias e ofertas, a facilidade de fazer um pedido e ser atendido pelo site mesmo, bem como outros canais. Vale contar a história da empresa brevemente e a disposição em oferecer o produto para despertar interesse e convencer o visitante.

Posicionar bem o campo de busca e o carrinho

O campo de busca é responsável por 60% das vendas. Mas, uma das barreiras que os visitantes encontram durante a navegação de site de e-commerce e dá prejuízo para a loja virtual, é a posição do campo de busca para quando precisam procurar por um produto específico. O mesmo vale para o caminho até o carrinho de compra. Veja alguns passos para otimizar o campo de busca e o carrinho:

  • Priorize por um bom layout do site e design que não seja confuso;
  • Facilite a busca por cor do produto ou outra característica marcante;
  • Posicione o campo de busca sempre na parte superior, no canto direito ou no centro da página;
  • Utilize o símbolo da lupa;
  • Indique com uma frase para ajudar, como “O que você está procurando?”;
  • Forneça filtros de pesquisa do produto, se necessário.

À medida que o site da loja virtual esteja em atividade, vale fazer uma análise de comportamento de uso do site pelos consumidores. Você pode investir em ferramentas de análise que mostram quais são os termos mais buscados, os produtos e suas categorias mais acessados, bem como a expressão ou palavra-chave mais usada na pesquisa.

Navegação fácil e uniforme para todas as páginas

Um site de vendas pode ser apresentado por algumas categorias a partir do menu, como a pagina principal, a página “Quem somos” ou “Sobre nós”, o contato, as páginas dos produtos em si, etc. Sites assim possuem muita informação para compartilhar e precisa apresentar a melhor navegação possível na passagem de uma página para outra, localizar bem os botões, guias e menus.

O que queremos dizer é que os comandos e o processo de navegação precisam ser padronizados, de preferência para apenas um lado da tela. A falta de configuração certa pode apresentar a página inicial e as opções do menu do lado esquerdo, mas na página seguinte aparecer do lado direito. Algo assim pode gerar confusão e até fazer a pessoa desanimar de continuar no site e abandonar o carrinho de compras.

Aplicar as técnicas de SEO no site

A melhor coisa a se fazer é começar a aplicar as técnicas de SEO já na construção do site, porém, você pode fazer depois também. Há opções oferecidas por especialistas e agências ou o pelo próprio dono, ou dona do negócio online. Aqui mesmo no Jornal do Marketing você encontra dicas de SEO e otimização na navegação de site de E-commerce.

Saiba que o uso dessas táticas de SEO ajudam acima de tudo a elevar as estratégias de Marketing no seu e-commerce. Faça essa aplicação constantemente para atualizar o site com as tendências de busca, aumentar as taxas de retenção nos conteúdos da loja virtual e blogs e melhorar o tempo de navegação e visibilidade da marca.

Planejar as categorias e mapear o site

É importante insistir no design do site, pois isso envolve na visão e localização rápida do que deseja encontrar. Então, é um bom começo planejar bem as abas com as categorias de seus produtos e serviços, selecioná-las numa ordem que faça sentido e nomeá-las com os termos conhecidos no nicho.

Pode ajudar na navegação de site de e-commerce colocar pelo menos as principais informações logo no topo da página inicial (home), incluir as palavras-chave certas na URL que forma o link direto de cada produto, usar as mesmas palavras-chave na descrição e informações técnicas do produto, pois não é legal apenas copiar o que diz o fabricante. Por fim, insira uma seção para comentários e opiniões dos compradores.

Estruturar o site de e-commerce ajuda o Google a rastreá-lo

Existe uma forma de ajudar o grande Google a encontrar seu site e loja virtual e apresentá-los aos potenciais clientes da sua empresa. É possível que o buscador entenda a estrutura do seu site ao analisar o conteúdo e a relação entre as páginas, a partir de bons links internos de cada produto e menus.

Como exemplo, o Google consegue contar quantos links são necessários para se chegar a uma determinada página e dar importância para aparecer nos resultados de busca. O que você pode fazer para melhorar a navegação de site de e-commerce do seu negócio e ser bem posicionado pelo Google:

  • Seguir as práticas recomendadas e se atentar às práticas não recomendadas;
  • Implementar navegação facetada, montar os parâmetros e caminhos de links e os códigos das URLs com palavras que descrevem o tipo do produto, como “sabor” caso tenha uma loja de doces ou alimentos;
  • Adicione páginas de categoria e páginas de subcategorias;
  • Inclua dados estruturados para a boa navegação de site de e-commerce e o Google entender precisamente do que se trata seu conteúdo, por exemplo, em uma loja de suplementos, a quantidade de nutrientes, as calorias, etc.

Os dados estruturados ajudam a etiquetar o site para que a máquina do Google decodifique as informações que constam na página e entenda claramente do que se trata seu produto. Esse tipo de dica para melhorar a navegação de site de e-commerce e outras você pode conferir na Central de Pesquisa do Google.

Se atente ao uso de cookies

Os cookies identificam as preferências de cada indivíduo, seus gostos e os seus perfis e funcionam como “rastreadores” de ações como histórico de navegação do usuário no dispositivo que ele acessou o site da sua loja.

Apesar dos cookies estarem presentes na privacidade online dos consumidores, eles são regulamentados pela Lei Geral de Proteção de Dados e cada site apresenta uma mensagem para indicar que há ações de cookies por ali, assim, o usuário pode clicar em concordar ou não. Mas você pode escolher abandonar o uso de cookies ao fazer o seguinte:

  • Criar a sua própria base de dados, criar uma comunidade ou investir em uma ferramenta que gera dados realistas;
  • Programa de fidelidade para engajar seus clientes na marca e fazê-los amarem a navegação de site de e-commerce da sua loja.

Tanto o uso dos cookies quanto o investimento em ferramentas que geram dados próprios, precisam seguir o que a lei determina em relação à privacidade online dos usuários e os seus dados pessoais. Portanto, vale ainda criar relações de valor com seus clientes para mantê-los próximos e sempre acessando seu site de e-commerce.

Uso de breadcrumbs: o exemplo da Pandora na navegação de site de E-commerce

A Pandora é uma das maiores lojas de joias no mundo e ela usa estratégias de marketing digital e foca na otimização e boa experiência dos consumidores ao navegarem seu e-commerce. Os breadcrumbs empregados pela Pandora são um sistema de navegação estrutural que ordena as categorias numa jornada que faz sentido. Ela rastreia os movimentos no site e plataformas de vendas para o usuário saber onde ele está.

A navegação de site de e-commerce com uso de breadcrumbs ficaria assim, por exemplo, numa loja como a Pandora, ao pensar numa joia específica como o anel Pandora Ouro Rose, ficaria assim: Página inicial>Anéis>Ouro Rose 14k>Pandora Rose liga metálica. Assim, os visitantes podem clicar em cada uma categoria sem precisar retornar ao menu inicial.

Faça a prova ao usar breadcrumbs nas suas estratégias bem feitas, acompanhe os resultados durante um período em que implementou essa navegação, assim como a Pandora conseguiu resultados ainda mais satisfatórios no seu e-commerce. Alguns dos resultados incríveis são a diminuição da taxa de rejeição, mais tempo gasto na página ou seção e mais conversões de venda.

A navegação com breadcrumbs traça o caminho que facilita navegar em qualquer ambiente virtual, bem como todas as outras estratégias que falamos nestas 10 dicas para melhorar a navegação de site de E-commerce do seu negócio. Coloque em prática e volte ao Jornal do Marketing se surgir dúvidas e conheça mais conteúdos assim!