Keyword stuffing: o que é e por que evitar

Sumário

Posts relacionados

Keyword stuffing: o que é e por que evitar

Keyword stuffing é um termo pouco conhecido por quem começou a trabalhar com estratégia SEO, sendo fundamental compreender a sua função e quais os perigos contidos no uso inadequado.

Há quem tente se beneficiar na internet para passar da concorrência, porém essa prática não é tão aceita pelos motores de busca. Para não ser penalizado e não ter problemas com o seu site, entender o que significa este termo se torna fundamental!

O que é a palavra-chave e para que ela serve?

As keywords são termos compostos por uma ou mais palavras que ajudam a resumir do que se trata o artigo. Na estratégia de SEO, ela serve para otimizar o texto e fazê-lo ser encontrado pelos mecanismos de buscas, como o Google e o Bing.

É através das KWs que as pessoas são redirecionadas às mais variadas páginas pelo Google. A intenção desses sites é de obter mais acessos por tráfego orgânico, entregando conteúdo de qualidade aos usuários com a intenção de mantê-los interagindo por mais tempo. 

Saiba que, se você escreveu o melhor texto de sua vida, mas usou poucas vezes a palavra-chave ou, então, não a utilizou, os robôs do Google não leem as informações e o seu site permanece estagnado. Para evitar o problema, basta trabalhar adequadamente e evitar a keyword stuffing nos artigos.

O que é Keyword Stuffing?

Esta é uma prática abusiva de tentar aumentar o ranqueamento nos buscadores ao concentrar uma quantidade elevada e desnecessária de keywords. É preciso entender como funciona, para evitar esse mau uso e ter controle sobre o uso das palavras-chave. Analise o exemplo do que é incorreto:

Exemplo
Fonte/Reprodução: original.

Este é um exemplo claro de keyword stuffing, que usa uma quantidade desnecessária de palavras-chave apenas para obter um bom posicionamento em qualquer um dos mecanismos de pesquisa, sendo o principal deles o Google.

Nessa sequência feita pelo Jornal do Marketing, encontramos a KW cinco vezes dentro de três parágrafos. Além de ser desagradável ao leitor, é uma prática conhecida por Black Hat, que usa pouca ou nenhuma ética para alcançar os resultados desejados.

O que é Black Hat e qual a sua ligação com o keyword stuffing?

É uma técnica que visa obter uma posição melhor no ranqueamento ao enganar o mecanismo de buscas. A sua ligação com o keyword stuffing é justamente a de colocar a sua KW em exagero no texto, não respeitando as regras de bom uso.

Além disso, aqueles que praticam Black Hat não pensam no usuário, não produzem conteúdos de qualidade e não atuam com honestidade junto dos concorrentes que verdadeiramente criam materiais relevantes.

O que é Black Hat e qual a sua ligação com o keyword stuffing?
Fonte/Reprodução: original.

A taxa de rejeição aumenta significativamente porque, quando as pessoas acessam o site e se deparam com keyword stuffing e um conteúdo ruim, elas saem sem pensar duas vezes. Mesmo que você esteja no topo das pesquisas, conforme você perde acesso, o Google remove a sua página do topo e acrescenta aqueles que atuam com seriedade. Saiba o que você não deve fazer:

  • Doorway pages: páginas que usam as palavras-chave com intenção de obter bom posicionamento. Quando uma pessoa clica no site, ela é mandada a um conteúdo malicioso;
  • Cloaking: os robôs são os alvos da prática, enganados com um “conteúdo” bonito, porém para os usuários é uma verdadeira dor de cabeça porque não entrega nada útil;
  • Sneaky redirects: os buscadores apontam determinado conteúdo pesquisado para uma página e quando você clica, há informações divergentes do esperado;
  • Link farm: são links para outras páginas, enquanto o ideal é produzir guest posts;
  • Spam em comentários: é muito comum ver nos comentários de sites diversos links sendo mencionados, porém, não ajuda as páginas.

Estas são as principais formas de se cometer Black Hat, mas que podem ser evitadas facilmente ao pensar sempre no seu público-alvo, no que ele gosta de ler e procurar entregar materiais de qualidade.

Quais são os riscos de abusar do uso da palavra-chave?

Todas as páginas que fizerem o mau uso das palavras-chave são penalizadas pelos buscadores, perdendo posições significativas no Google. A depender do seu caso, o mecanismo simplesmente deixa de indexar o seu site.

Além disso, o keyword stuffing diminui a qualidade do conteúdo publicado, justamente por não entregar nada relevante aos leitores. No exemplo utilizado de “erros em artigos”, o texto se tornou muito confuso, cansativo e até mesmo parecia artificial, portanto, ter atenção quanto ao exagero possibilita que melhores artigos sejam entregues aos leitores.

Vale ressaltar que a reputação do seu site é manchado e as chances de acessarem o seu conteúdo diminuem. De nada vale o esforço para crescer no tráfego orgânico se você abusa do uso de palavras-chave.

Como identificar ao uso excessivo da palavra-chave?

O uso excessivo é identificado rapidamente ao teclar “CTRL + F” e colar a sua KW no campo que aparece. Ao fazer isto, você descobre a quantidade usada no texto e quantas vezes ela é repetida entre os parágrafos ou nos mesmos períodos.

Este é o método mais simples de verificar se você praticou a keyword stuffing sem querer. Se necessário, faça as devidas alterações no seu artigo enquanto lê as informações para não deixar linhas de raciocínio vagas.

Além disso, tenha atenção quanto ao uso das palavras-chave que devem ser incluídas em cada parte do seu texto com cuidado. Não insira a KW em determinado espaço apenas porque está em uma densidade abaixo do recomendado. Ao fazer isto, o conteúdo se torna complicado de ler tanto para você quanto aos leitores.

Qual é a densidade ideal de palavra-chave para usar no texto?

Para textos acima de 1200 palavras, o ideal é que a densidade seja de 2%, com a sua keyword aparecendo até oito vezes ou um pouco mais dependendo do tamanho final do artigo, sem contar com os títulos e headings.

Qual é a densidade ideal de palavra-chave para usar no texto?
Fonte/Reprodução: original.

No caso de conteúdos longos, com mais de 2400 palavras, é necessário determinar a quantidade para não acrescentá-la poucas vezes no corpo do texto. Doze vezes, por exemplo, é uma quantidade aceitável, desde que bem trabalhada para não deixá-la forçada. 

3 dicas de como evitar o uso excessivo da palavra-chave

Há maneiras de controlar o uso da palavra-chave e evitar que ela apareça em uma quantidade inaceitável no texto. Para obter efetividade enquanto você faz a produção do artigo, mantenha sempre a atenção ao que escreve e verifique se é realmente necessário colocar a KW naquele momento.

Após a conclusão do conteúdo, leia em voz alta para encontrar possíveis repetições e remover as que você julga não acrescentar nada ao texto, sem deixar de analisar se a densidade está no padrão.

Uso moderado do termo primário

O termo primário, que é a sua KW inicial, deve aparecer ao longo do texto com naturalidade. Use-a no começo, no meio e no final do artigo, tendo atenção à quantidade trabalhada para não exagerar.

Uso de palavras-chave secundárias

Esta é uma forma de variar as palavras-chave e você não se preocupar tanto se usou muito a primária. No entanto, a KW secundária precisa ter conexão com o título SEO e as headings para ser lida pelos robôs do Google.

Termo escrito por pessoas

Pesquise outras formas de usar a palavra ao observar como são os termos escritos pelas pessoas na internet. Esta é uma maneira prática de trabalhar com a keyword sem torná-la agressiva ou incompreensível no texto.

Qual a importância de evitar Keyword Stuffing?

Como já mencionado, mantenha o bom uso da KW para os buscadores não punirem o seu site por Black Hat ou desindexar a página. Estes são problemas muito comuns de empresas que não trabalham com cautela ou pensam somente em subir posições rapidamente.

A keyword stuffing é um verdadeiro problema para quem quer construir uma imagem de transparência aos usuários, que busca por boas técnicas para incluir na rotina de escrita e oferecer sempre o melhor aos leitores. 

Observar o que você escreve é essencial para prevenir problemas graves, como a perda da indexação de sua página no Google. Esta é uma das piores punições do mecanismo, mas que pode ser evitada com as dicas do Jornal do Marketing!