Copywriting: como funciona e relações com a matemática

Sumário

Posts relacionados

Copywriting: como funciona e relações com a matemática

Copywriting: como funciona e relações com a matemática

O copywriting é uma das técnicas mais importantes do marketing em geral, e ganhou muita força e procura com a sua evolução para o digital. Graças a ela, muitos negócios crescem e permanecem em relevância por bastante tempo — justamente por conseguir atrair os leitores através da escrita.

Já se perguntou sobre como vários negócios se destacam mesmo que existam diversos outros que ofereçam os mesmos produtos ou serviços? Pois bem, o copywriting é a área que se dedica a estudar conteúdos que proporcionem esses ganhos ao negócio, e suas relações com a matemática são gigantes. Veja mais!

Como funciona o Copywriting?

O funcionamento do copywriting se dá através da atração de público com uma escrita adequada, utilizando o marketing de conteúdo como base. Com isso, podemos entender como um conjunto de técnicas de escrita cujo objetivo é atrair o leitor a decidir em relação ao seu negócio. O funcionamento do copywriting, portanto, pode ser ordenado com dois itens:

  1. Entendimento do público;
  2. Escrita com foco em persuadir leitores a realizarem algo no negócio.

É com esse recurso que a maioria dos negócios da atualidade incentivam os seus leitores a realizarem compras, deixarem contatos e outras formas de interação com o material. Portanto, a importância dessa área é gigantesca para manter a relevância de um negócio no mercado.

Relação do Copywriting com a matemática

A principal relação entre o Copywriting com a matemática é que ambas utilizam de raciocínios lógicos e números para a transmissão de ideias e compreendimento do cenário. 

A quantificação de coisas propostas pela matemática ajuda o copywriter a passar mais certeza de suas ideias e, dessa forma, convencer com mais facilidade o leitor a executar alguma compra.

Relação do Copywriting com a matemática
Fonte/Reprodução: original.

Como exemplo prático: para você colocar uma promoção de um produto em um site, é necessário obter dados da quantidade de pessoas interessadas nele. Com essas informações numéricas, será possível compreender como se comunicar com esse público para a criação de ofertas interessantes.

Outra aplicação da matemática para o copywriting é o uso de porcentagem. Elas oferecem dimensões de uma ideia com muito mais praticidade. Dizer que mais de 90% do público aprova tal serviço seria uma forma interessante de colocar os dados matemáticos em um texto.

O que é preciso para ser um copywriter?

A exigência principal para ser um copywriter é a boa escrita, já que expressar ideias através de palavras é o que esse profissional fará diariamente. No entanto, para desenvolver a escrita de copywriter, o caminho é bem mais longo e as exigências necessárias são:

  • Boa capacidade de compreensão e expressão de ideias;
  • Leitura;
  • Estude o mercado;
  • Passe credibilidade no assunto;
  • Conhecimento da língua;
  • Conhecer os motores de busca;
  • Entender o uso de gatilhos mentais;
  • Criatividade.

Todas as exigências postas possuem um foco tanto na questão da escrita como no processo de adaptação do seu texto para o atendimento das propostas do tema. O resultado com a aplicação dos itens será um texto simples de entender (cuidado para não confundir com textos simplórios) e atrativo para o leitor.

Conforme as produções aumentarem, a sua capacidade de vender uma ideia também aumenta a um ponto que será muito difícil existir um tema no qual você não saiba fazer um bom copywriting. Muito do desenvolvimento dessa área depende do quanto de prática o escritor acumulou durante o tempo.

Como começar no ramo de Copywriter?

O indispensável para começar na carreira de copywriter é compreender para quem se escreve aquele texto, ou seja, entender o público que irá consumir aquele material. A partir disso, os seus textos devem utilizar elementos interessantes para que pessoas interessadas naquele assunto sintam vontade de entender o que aquele negócio tem de diferente naquela área.

Como começar no ramo de Copywriter?
Fonte/Reprodução: original.

Podemos utilizar os anúncios de perfumes como ótimos exemplos de copywriting. Caso você precise criar um texto para vender certo tipo de perfume e o cliente passe a informação de que a maioria dos consumidores são mulheres de 20 a 30 anos, é necessário escrever tendo em mente que o texto precisa agradar esse público.

Veja que compreender o público consumidor proporciona ao copywriter a capacidade de se comunicar com maior facilidade com as pessoas que se interessam pelo negócio.

Graças a essa melhoria, o texto terá uma tendência maior a fazer com que os leitores sintam mais vontade de consumir e isso aumentará as chances de lucro do negócio. Com o conhecimento do público, o restante do profissionalismo do copywriter virá naturalmente.

Dicas para copywriting

Com o conhecimento necessário sobre o copywriting, separamos as principais dicas de como se destacar na área, tanto para os novatos como para os experientes. É interessante, durante sua leitura, notar como todas elas necessitam que você treine bastante a sua escrita até ela estar adaptada nos conformes da área, confira!

Não confunda um texto de vendas com uma obra literária

Essa dica é excelente para os que estão no começo da carreira de copywriter! Como a maioria das pessoas que começam a escrever são amantes do mundo da leitura, é bem comum que o foco se direcione para a composição de um texto somente com detalhes e beleza escrita.

Isso pode desviar aquele texto da proposta principal que é a persuasão, essencial para convencer o leitor a realizar alguma ação. Portanto, se atente para esse ponto a fim de evitar uma estagnação na carreira ou até mesmo uma queda de qualidade nas produções.

Treine com temas que você conhece

Treinar com temas conhecidos facilita bastante para você pegar o jeito da escrita persuasiva e se expressar adequadamente de uma forma que gere interesse no leitor. Começar com temáticas conhecidas tanto é bom para os experientes que precisam acelerar suas produções, como para os novatos que precisam montar um bom portfólio.

Por exemplo, se você é fã de instrumentos musicais, um exercício legal é buscar por uma loja que produz esses produtos e criar um texto com a seguinte analogia: se eu fosse um vendedor dessa loja, como convenceria um cliente a comprar aqui?

Exercite a leitura diariamente

Ler constantemente proporciona ao escritor maior domínio da língua e, consequentemente, mais conhecimento de como expressar suas ideias de um jeito melhor. Tão essencial como praticar a escrita é observar a maneira pela qual outros autores expressam seus pensamentos.

Na rotina diária e necessidade de entrega de metas, é normal que as leituras possam ficar maçantes e até mesmo raras. Por isso, organizar o seu volume de leituras é um dos passos mais importantes para garantir que seu conhecimento de escrita continue em crescimento. 

O exercício da leitura também proporciona uma facilidade maior em se comunicar com diferentes públicos, fator essencial para o copywriter que escreve para várias empresas.

Monte um bom portfólio

O portfólio é o local no qual você guarda todas as suas melhores criações textuais da área de copywriting. Tanto para começar na carreira como para os veteranos, é interessante que você monte o seu portfólio com a ideia de permitir que os clientes vejam a suas capacidades de escrita.

Uma dica para a montagem desse portfólio é diversificar o máximo possível de temas que você conseguir escrever. As chances de diferentes clientes aparecerem aumenta ao observar que sua escrita pode ser aplicada em diferentes assuntos.

Aparecer para as pessoas, portanto, é fundamental e você pode fazer isso através das próprias redes sociais, sites de freelancer, LinkedIn e outros aplicativos do gênero.

Conte histórias no texto

Também chamado de Storytelling, o ato de contar histórias, ajuda bastante no envolvimento do leitor e promove uma conexão maior com a ideia do seu negócio. Através disso, é possível fazer uma oferta de vendas mais natural e com maiores chances de sucesso, já que seu leitor estará contextualizado das capacidades do negócio.

Se o seu texto trata sobre maquiagem, por exemplo, você pode construir a seguinte linha: o ato de se maquiar existe desde a antiguidade e tinha a principal utilidade de expressar a personalidade da pessoa ou do povo. Por isso, nossa empresa oferece X produtos para que você mostre ao mundo quem você é, da forma mais bonita possível.

Aproveite a contação de histórias para oferecer algo ao leitor que esteja no contexto. No exemplo da maquiagem, uma opção seria linkar um material complementar que trata da evolução dela no decorrer dos tempos. Note que isso

Meça os resultados

Por fim, é interessante conhecer algumas maneiras de medir os resultados de seu texto para observar o que pode melhorar. Para isso, você precisa estar aberto a críticas construtivas, seja do próprio cliente ou de um revisor.

Usar ferramentas que mostram a eficiência de seu texto em um site de cliente ou verificar como o número de vendas se comportou após o uso de seu texto também são boas maneiras de verificar a eficiência de sua criação. Mais uma vez os dados matemáticos se mostram como peças essenciais para o universo do copy.

A profissão de copywriting, como se pode notar, é bem vasta e tende a crescer bastante com as demandas do mercado. Entender como essa área funciona exige bastante esforço, mas, sem dúvidas, é uma das profissões que tanto oferecem boa remuneração como ganhos intelectuais.