O que é análise de concorrência no marketing digital e como posso usá-la?

Sumário

Posts relacionados

O que é análise de concorrência no marketing digital e como posso usá-la

O que é análise de concorrência no marketing digital e como posso usá-la?

Para empresas que desejam se destacar no mercado, fazer uma análise de concorrência é fundamental, pois esta é uma estratégia inteligente adotada por negócios que conseguem bons resultados com o uso do marketing.

Neste post, o Jornal do Marketing, vai ajudar a entender mais sobre o assunto e compartilhar dicas para elaborar um estudo de concorrência mais aprofundado e considerando pontos que podem levar as empresas a conquistar bons resultados e aumento de vendas, confira!

O que é a análise de concorrência?

A análise de concorrência, trata-se de um estudo que as empresas devem fazer sobre seus concorrentes a fim de mapear informações que podem auxiliar na elaboração de suas estratégias.

O que é a análise de concorrência
Fonte/Reprodução: original

Dessa forma, é preciso se atentar aos serviços e produtos oferecidos, atendimento e relação do consumidor com a empresa, além de estratégias e posicionamento que são adotados, considerando pontos positivos e negativos de cada um.

A partir dos resultados, se torna mais fácil criar suas próprias estratégias, obtendo uma vantagem competitiva que o colocará à frente dos concorrentes, uma vez que os pontos negativos da empresa analisada irão servir de base para oferecer melhores soluções aos clientes.

Por que investir na análise de concorrência?

Muito mais do que apenas saber o que a outra empresa está fazendo, o estudo dos concorrentes garante que os negócios consigam olhar para si, com isso é possível ter uma melhor visualização de seu posicionamento dentro do mercado atuante perante os demais do mesmo segmento.

A partir dos resultados da análise de concorrência é possível realizar melhorias, identificar necessidades e oportunidades que potencializam o seu crescimento no nicho de atuação. Tudo isso pode ser alcançado mediante estratégias e pequenos ajustes diários, que visam facilitar os processos, o que traz impactos positivos para consumidores e colaboradores.

Como fazer uma boa análise de concorrência?

Uma vez que se entende a importância da análise de concorrência é preciso saber como esse estudo pode ser feito da melhor forma a fim de trazer bons resultados, aumento de clientes e vendas para a empresa.

Como fazer uma boa análise de concorrência
Fonte/Reprodução: original

O Jornal do Marketing te mostra algumas dicas valiosas que podem auxiliar na pesquisa, rendendo um bom material que a ser convertido em estratégias assertivas. Confira a seguir.

Estabeleça a concorrência direta e indireta

Escolha analisar concorrentes que oferecem os mesmos serviços ou produtos para o mesmo público-alvo (diretos), e concorrentes que visam o mesmo público-alvo, mas oferecendo produtos e serviços diferentes.

Dessa forma, a coleta de informações sobre eles será mais assertiva, uma vez que pontos positivos e negativos podem ser percebidos e trabalhados na empresa a seu favor, para conquistar os consumidores.

Analise os canais de comunicação

É necessário entender onde os concorrentes atuam e quais são as estratégias utilizadas por eles para captar e fidelizar seus clientes. Em cada canal, algumas informações são essenciais para análise de concorrência e são elas:

  • Redes sociais: Verifique o número de seguidores, curtidas, comentários e visualizações, modo de comunicação com a audiência, principais produtos divulgados, formato de conteúdo mais utilizado (carrosséis, artes estáticas ou vídeos) e uso de ferramentas (stories e suas funcionalidades);
  • E-mail marketing: As empresas devem se inscrever nas listas para entender quais são os conteúdos compartilhados, como eles são feitos e com qual frequência são enviados;
  • Site: Observe a plataforma utilizada, descrição de produtos, meios de pagamento, responsividade do site (adequação a diferentes plataformas, como celulares e tablets), políticas de trocas, layout e desempenho do site, ou seja, se ele apresenta lentidão durante o acesso;

Os dados coletados nestas redes serão de grande valia, pois as empresas conseguirão elaborar alternativas assertivas para conquistar espaço no mercado onde atuam e novos clientes com possibilidade de fidelização.

Faça um relatório com as informações coletadas

Todas as informações que forem coletadas durante a análise de concorrência devem ser documentadas a fim de garantir que os dados pesquisados não se percam. Por isso, é importante registrar e atualizar com frequência esses materiais

Observar esses pontos é extremamente necessário para as empresas que desejam obter vantagem competitiva frente a seus concorrentes, isso porque com estas informações valiosas, será possível estabelecer estratégias que atendam o público alvo da melhor forma.

Ferramentas para análise de concorrência

Algumas ferramentas podem otimizar a análise de concorrência deixando a pesquisa facilitada, entre elas:

  • Mention: Realiza o monitoramento das menções em redes sociais, dessa forma ao pesquisar o nome do concorrente a empresa terá tudo o que foi dito de positivo ou negativo, elaborando suas estratégias com base nestes dados;
  • Google Keyword Planner: Ferramenta gratuita que auxilia no planejamento e estudo das palavras-chave usadas nas publicidades e diversos conteúdos na web;
  • SEMrush: Auxilia na gestão do marketing digital, oferecendo funcionalidades que fazem o monitoramento pago e orgânico de sites, comparando resultados e informações de outras empresas;

Realizar uma análise de concorrência é essencial para conseguir novos clientes e implementar mudanças que podem garantir melhores resultados dentro do mercado de atuação. Conte com o Jornal do Marketing e fique por dentro das melhores estratégias para seu negócio.